UAI


Luan segue sem espaço mesmo com rodízio no ataque do Corinthians

Meia-atacante foi a principal contratação do Timão na temporada passada

31/10/2021 14:21
compartilhe
Luan ainda não caiu nas graças da torcida em 2021
foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians

Luan ainda não caiu nas graças da torcida em 2021

O Corinthians tem passado por um rodízio no ataque desde a lesão no músculo posterior da coxa esquerda de Willian. Sem o camisa 10, o técnico Sylvinho testou diferentes composições, alternando a escalação e as funções dos jogadores, mas nenhuma se destacou. Quem segue sem espaço, no entanto, é o meia-atacante Luan.



Principal contratação do Timão na temporada passada, Luan ainda não caiu nas graças da torcida em 2021. O camisa 7 até teve um bom momento pouco antes da chegada de Sylvinho, quando emplacou quatro gols e uma assistência em uma sequência de cinco jogos. Depois, o jogador de 28 anos não conseguiu mais somar boas atuações.

Sendo assim, Luan perdeu naturalmente o status de titular. Com Sylvinho, ele esteve entre os 11 iniciais nas quatro primeiras rodadas do Brasileirão e nos dois duelos contra o Atlético-GO pela terceira fase da Copa do Brasil, mas não correspondeu.

Do banco de reservas, o meia-atacante viu diferentes transformações no ataque corintiano. Por não se encaixar nas funções exigidas por Sylvinho no trio de meias (que já contou com Cantillo, Roni, Vitinho, Gabriel, Giuliano e Renato Augusto), Luan passou a disputar vaga mais à frente, principalmente com o centroavante Jô, já que Gustavo Mosquito e Adson se destacaram pelos lados.



Com a chegada de reforços na última janela de transferências, Luan perdeu ainda mais espaço. A última partida como titular foi no dia 28 de agosto, na vitória por 1 a 0 sobre o Grêmio, em Porto Alegre. Desde então, foram cinco jogos entrando no decorrer do segundo tempo e quatro sem deixar o banco.

Com a lesão de Willian, Sylvinho parece não ter encontrado sua equipe titular. Até o momento, Gustavo Mosquito, Adson e até Vitinho já foram testados no lugar do camisa 10. Jô também recebeu chances, virando referência no ataque enquanto Róger Guedes se deslocou para o lado esquerdo. Apesar da indefinição, Luan não foi testado, não tendo sido utilizado nos últimos três compromissos.

No duelo contra a Chapecoense, às 21h30 (de Brasília) desta segunda-feira, na Neo Química Arena, pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro, Luan deverá ser alternativa no banco de reservas mais uma vez. Já a composição do ataque corintiano segue indeterminada.
Compartilhe