UAI

2

Presidente do Corinthians admite incômodo com Luan: 'Precisa resolver isso'

Meia-atacante sofreu com lesões e disputou apenas três partidas nesta temporada com a camisa do Corinthians

07/06/2022 14:45
compartilhe
Luan vestindo a camisa do Corinthians em maio de 2021, pela Copa Sul-Americana
foto: AFP / POOL / NELSON ALMEIDA

Luan vestindo a camisa do Corinthians em maio de 2021, pela Copa Sul-Americana


Luan disputou apenas três jogos nesta temporada, sofreu com lesões e não entra em campo pelo Corinthians desde 19 de fevereiro. Nesta terça-feira, o presidente do clube, Duílio Monteiro Alves, admitiu incômodo com a situação do meia-atacante.
 
 

"A gente precisa resolver isso, até para o bem dele e do Corinthians. É uma situação delicada, mas ele tem treinado. O Vítor, quando teve a possibilidade de usá-lo nos treinos, convocou aos jogos, ele acabou sentindo [lesão]. Isso o próprio treinador colocou, não foi a primeira vez. Procurou o departamento médico com dores e acabou não vindo novamente para esse jogo", disse o mandatário.

"Não é uma situação que nos agrada, e temos que tratar desses detalhes internamente com o atleta e com o seu empresário. Mas temos que achar uma solução agora na próxima janela: ou o Luan fica para ser aproveitado, ou a gente tem que arrumar outro caminho, até para o bem dele e da carreira dele. O tempo está passando e ele precisa jogar", completou.
 
 
 
Como publicou a Gazeta Esportiva, Luan tem cumprido com seus compromissos, mas sem demonstrar vontade de jogar ou de reagir, o que gerou incômodo no Corinthians. Desta forma, o clube, como afirmou Duílio, avalia o que fazer com o camisa 7. O presidente, no entanto, descartou uma eventual rescisão contratual.

"Vi alguns comentários, e o torcedor entende que 'precisa tirar o Luan, mandar o Luan embora'. Não é assim, existe um contrato. Só para esclarecer: o Corinthians não vai mandar o Luan embora. Quando você faz um contrato com um atleta, se você rescindi-lo, tem que pagá-lo inteiro, 100% do que resta do valor, ao atleta, e vice-versa. Então, não é tão simples assim", explicou Duílio.

"Lógico que trabalhamos no início do ano, enquanto a janela estava aberta. Alguns clubes tiveram interesse, e a gente imagina que pode ser bom para o Luan jogar. Lógico, queremos que ele jogue, que dê certo no Corinthians. Há alguns anos a gente vem trabalhando no dia a dia em cima disso. Mas também entendemos que, se ele não está indo bem aqui, é bom que saia para jogar em outro clube, se encontre, porque é um grande menino, um grande jogador", concluiu.

Líder do Campeonato Brasileiro, o Corinthians retorna aos gramados nesta terça-feira, às 21h30 (de Brasília), quando visita o Cuiabá. A partida na Arena Pantanal é válida pela 10ª rodada da competição.
 
 

Compartilhe