UAI

2

Com problemas pessoais, goleiro Wilson, ex-Galo, anuncia saída do Coritiba

Atleta tinha contrato com o clube paranaense até o fim de 2022, mas optou pela rescisão do contrato

20/01/2022 17:22 / atualizado em 20/01/2022 17:53
compartilhe

O goleiro Wilson estava no Coritiba desde 2015
foto: Divulgação/Coritiba

O goleiro Wilson estava no Coritiba desde 2015

 

Em entrevista coletiva realizada nesta quinta-feira, o goleiro Wilson, ex-Atlético, se despediu do Coritiba, clube no qual estava desde 2015. O atleta tinha contrato com o Alviverde até o fim de 2022, mas optou pela rescisão do contrato.

 

Pelo Coxa, o camisa 88 disputou 296 jogos e marcou 11 gols. Na temporada passada, o atleta foi titular na campanha de acesso à Série A do Coritiba, quando a equipe terminou na terceira colocação da Série B. 

 

Durante o ano de 2019, Wilson passou três meses emprestado ao Atlético. Esta foi a única vez que o jogador deixou o clube paranaense durante seu tempo de contrato. 

 

O goleiro se despediu do Coritiba nesta tarde alegando problemas familiares como principal motivo para sair do clube neste momento.

 

"Por toda essa questão familiar, achei que era o momento de encerrar esse ciclo. Pelo respeito ao clube, aos atletas que estão aqui, pelo meu bem e da minha família. Por ter contrato até o final do ano, seria muito cômodo ficar por aqui. Na gíria do futebol, ficar ali "roubando", de canto. Mas se não estiver 100% focado, não é da minha índole fazer isso. Achei o melhor tomar essa decisão, pelo bem de todos. Por isso que estou aqui encerrando esse ciclo no Coritiba", disse o goleiro, que afirmou que pensou que os problemas fossem diminuir durante as férias, mas que eles não só não diminuíram, como aumentaram durante esse período.

 

O jogador ainda agradeceu a oportunidade explicar sua decisão e garantiu que seguirá acompanhando o clube, mas como torcedor.

 

"Momento difícil para mim, fazer este anúncio. Agradeço a oportunidade de poder explicar ao torcedor a minha saída. Também agradeço a maneira direta como foi feito tudo, olho no olho. Sou muito honrado em vestir essa camisa. Tenho a minha cadeira ali no setor ProTork, onde estarei agora como torcedor. Fico muito feliz com a declaração de que as portas do clube continuarão abertas para mim", completou.

 

O Coxa se prepara para estrear no Campeonato Parananense diante do Cianorte, neste sábado (22). 


Compartilhe