Criciúma

SÉRIE B

América empata fora de casa com o Criciúma e segue sem vencer na Série B do Brasileiro

Na estreia do técnico Mauricio Barbieri, Coelho ficou no 0 a 0 com o Tigre

postado em 11/05/2019 12:55 / atualizado em 11/05/2019 14:09

<i>(Foto: Daniel Hott/América)</i>
Não foi nesta terceira rodada que o América conquistou a primeira vitória na Série B do Campeonato Brasileiro. O resultado, no entanto, não foi tão ruim. Ainda mais por ter o técnico Mauricio Barbieri chegado ao Lanna Drumond nessa semana e montado o time pela primeira vez. O empate por 0 a 0 contra o Criciúma, fora de casa, pode manter o Coelho na zona de rebaixamento - com o complemento dos jogos -, mas dá um alento, principalmente pela pressão do Alviverde no fim, quando tentou criar mais e teve boas chances.

Depois de duas derrotas - Operário-PR e Botafogo-SP -, o América marca seu primeiro na competição. Com o resultado e antes do complemento da rodada, o time mineiro pula para a 16ª posição na tabela. Guarani (17º), CRB (19º) e Brasil de Pelotas ainda jogam e podem levar o Coelho de volta para o Z4.

O América volta a campo pela Série B no domingo, dia 19, em confronto contra o Sport, pela quarta rodada. O encontro está marcado para às 16h, no Independência. O Criciúma joga na sexta-feira, dia 17, quando vai ao Antônio Accioly, em Goiânia, enfrentar o Atlético-GO.



O jogo
- Pressionado pelas duas derrotas nas duas primeiras rodadas e como atuava fora de casa, o América começou o duelo contra o Criciúma de forma cautelosa. Os donos da casa tentavam aproveitar a situação para abrir o placar, tocando a bola e empurrando o Coelho em seu campo.

Lúcio Flávio era o mais perigoso do Tigre. Aos 8min, obrigou Jori a fazer a defesa em chute de longe e, aos 14min, desmarcado na área, completou de cabeça cruzamento de Maicon e a carimbou o travessão alviverde. A partir da metade do primeiro tempo, o América conseguiu mais espaços.

Sem marcar, o Criciúma via o América sair com mais velocidade para o ataque e criar oportunidades. Aos 25min, Neto Berola passou pela zaga antes de finalizar rasteiro e Paulo Gianezini defender. Preocupado, o Criciúma retraiu e, ainda assim, o Coelho não conseguiu ter grandes chances.

O Criciúma voltou para o segundo tempo e, mais uma vez, jogou no campo do América. Tocando a bola na intermediária, logo aos 2min, Eduardo recebeu e teve espaço próximo à área para finalizar com muito perigo. A pressão deu novo resultado aos 22min, quando Wesley dominou na área, fintou Leandro Silva e acertou o travessão.

Logo na sequência, aos 24min, o América contou com falha do goleiro Paulo Gianezini e teve sua melhor oportunidade, mas Marcelo Toscano desperdiçou. O camisa 1 errou saída de bola e o americano, já dentro da área, tentou finalização de primeira, mas mandou longe do alvo.

Toscano teve nova chance aos 28min, mas tentou o drible dentro da área e não conseguiu finalizar. Aos 30min, Leandro Silva arriscou de longe e assustou Gianezini. Aos 32min, o goleiro salvou com o pé a tentativa de França. O crescimento do América causou receio ao Criciúma, que se viu apertado nos minutos finais, mas segurou o empate.

CRICIÚMA 0 x 0 AMÉRICA

CRICIÚMA
Paulo Gianezini; Maicon (Liel), Léo Santos, Sandro, Caíque (Marlon); Adilson Goiano, Eduardo, Wesley e Daniel Costa; Vinicius e Lúcio Flávio (Léo Gamalho)
Técnico: Gilson Kleina

AMÉRICA
Jori; Leandro Silva, Pedrão, Paulão e João Paulo; Zé Ricardo, Juninho; Marcelo Toscano e Felipe Azevedo (Ademir); Neto Berola (França) e Jonatas Belusso (Christian)
Técnico: Maurício Barbieri

Cartões amarelos: Eduardo e Marlon (Criciúma); Leandro Silva e Jonatas Belusso (América)

Motivo: terceira rodada da Série B do Campeonato Brasileiro
Data e horário: sábado, 11 de maio, às 11h
Local: Estádio Heriberto Hülse, em Criciúma
Árbitro: Claudio Francisco Lima E Silva (SE)
Auxiliares: Fabio Pereira (TO) e Ailton Farias da Silva (SE)

Tags: criciumasc futnacional serieb coelho américa