Cruzeiro

SÉRIE A

Com Rodriguinho iluminado, Bahia goleia Fortaleza e complica Vasco e Goiás

Com o resultado, Bahia deixou Vasco ainda mais ameaçado de rebaixamento

postado em 20/02/2021 23:32

(Foto: Bahia/divulgação/Twitter)
Em confronto decisivo na briga contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro, o Bahia foi ao Castelão, neste sábado, e venceu o Fortaleza por 4 a 0. O meia Rodriguinho, ex-Cruzeiro, marcou os três primeiros gols. Rossi, de pênalti, fechou a goleada.

Com o resultado, ambos os times somam 41 pontos e estão imediatamente acima da zona de descenso, a qual tem Vasco, com 37, e Goiás, com 36, que ainda vão entrar em campo nesta 37.ª rodada. Coritiba, com 31, e Botafogo, com 24, já caíram.

Na última rodada do Brasileirão, prevista para acontecer integralmente às 21h30 de quinta-feira, os cearenses visitam o Fluminense, no Maracanã, no Rio, enquanto os baianos recebem o Santos, em Salvador, na Fonte Nova.

Mesmo atuando como visitante, o Bahia tratou de chegar com perigo logo no começo da partida - e até abriu o placar. Os jogadores saíram em velocidade, em ótima troca de passes, até que Ronaldo acionou Nino Paraíba, que cruzou na medida para Rodriguinho desviar de cabeça e marcar o gol, aos seis minutos.

O Fortaleza conseguiu responder na sequência, aos 10, com Paulão, que fechou na segunda trave após cobrança da direita e, livre dentro da pequena área, acabou carimbando o travessão. O duelo seguiu aberto. Já aos 13, foi a vez de os baianos ameaçarem. Após contra-ataque, Gilberto limpou a marcação e parou em defesa de Felipe Alves no centro do gol. A partir daí, perdeu-se intensidade, tanto que nova chance ocorreu apenas aos 38, com cabeceio de David.

A etapa complementar foi toda do Bahia. Rodriguinho, aos quatro minutos, passou para Ronaldo, que arriscou e carimbou o pé da trave direita. Aos 16, o placar foi ampliado em gol similar ao primeiro. Nino Paraíba cruzou para Rodriguinho, que entrou pelo meio da área para tocar de cabeça.

Logo na sequência, Felipe derrubou Rossi dentro da área, levou o segundo amarelo e foi expulso, deixando o Fortaleza com um a menos. Rodriguinho cobrou o pênalti e parou em Felipe Alves, mas aproveitou o rebote e consolidou o triunfo. A goleada foi sacramentada aos 34 minutos. Rodriguinho foi derrubado por Paulão, e Rossi converteu a nova penalidade máxima.

FICHA TÉCNICA

FORTALEZA 0 X 4 BAHIA

FORTALEZA - Felipe Alves; Gabriel Dias (Tinga), Paulão, Quintero e Bruno Melo; Felipe, Juninho e Luiz Henrique (Mariano Vázquez); Romarinho (Osvaldo), David (Bergson) e Wellington Paulista (Ronald). Técnico: Enderson Moreira.

BAHIA - Douglas Friedrich; Nino Paraíba, Ernando (Juninho), Lucas Fonseca e Matheus Bahia; Gregore, Patrick de Lucca e Ronaldo; Rodriguinho (Juninho Capixaba), Rossi (Thiago Andrade) e Gilberto (Gabriel Novaes; depois Daniel). Técnico: Dado Cavalcanti.

GOLS - Rodriguinho, aos seis do primeiro tempo, aos 16 e aos 20 do segundo tempo; Rossi, aos 34 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Luiz Henrique, Gabriel Dias, Felipe, Mariano Vázquez, Felipe (Fortaleza); Ronaldo, Matheus Bahia, Thiago Andrade (Bahia).

CARTÃO VERMELHO - Felipe (Fortaleza).

ÁRBITRO - Luiz Flávio de Oliveira (SP).

RENDA E PÚBLICO - Portões fechados.

LOCAL - Castelão, em Fortaleza (CE).

Tags: bahia fortaleza rebaixamento serieb cruzeiroec vascorj botafogorj seriea bahiaba goiasgo fortalezace