Cruzeiro

Dagoberto agradece torcida e diz que chega ao Cruzeiro com "sede de títulos"

Atacante foi apresentado nesta sexta, diante de 1.500 torcedores na Toca I

postado em 18/01/2013 13:46 / atualizado em 18/01/2013 13:52

Washington Alves/Vipcomm

VEJA GALERIA DE FOTOS DA APRESENTAÇÃO NA TOCA DA RAPOSA

O atacante Dagoberto está em Belo Horizonte há somente quatro dias, mas já teve grande contato com a torcida do Cruzeiro. Na chega à capital, centenas de cruzeirenses foram ao Aeroporto de Confins receber o reforço. Nesta sexta-feira, ele foi apresentado, ao lado de Everton Ribeiro, para 1.500 cruzeirenses na Toca da Raposa I.

”Antes do aeroporto, no fim do ano, já tinha uns fanáticos cruzeirenses no hotel em gramado. É bacana, estou feliz, essas coisas na vida marcam muito e fazem com que você tenha algo a mais a cada dia, a cada treino, a cada jogo. Que eu possa, junto com meus companheiros, dar alegria para os torcedores”, disse Dagoberto, nesta sexta.

O atacante, que é tricampeão brasileiro (2001 pelo Atlético-PR, 2007 e 2008 pelo São Paulo), espera aumentar a coleção de títulos no Cruzeiro.

“Por onde eu passei, eu pude contribuir, fazer meu melhor. Tivemos um título ano passado, o Gauchão, claro que os grandes campeonatos marcam muito mais. Fomos felizes de ganhar alguns Brasileiros e este é o objetivo aqui. Ainda estou com muita sede, sou novo, que possam vir mais títulos, este é o objetivo. Título nunca é demais”.

Por fim, Dagoberto enalteceu o elenco celeste e revelou que se sente pronto para o desafio. A estreia no clássico contra o Atlético, em 3 de fevereiro, ainda não é certa, pois o atacante está aquém do esperado fisicamente e precisará realizar atividades de reforço muscular para começar a temporada sem lesões.

”Estou prontíssimo, eu sou um cara muito pé no chão, que analisa outras coisas, optei pelo Cruzeiro porque os amigos me falaram, conversei bastante com o Borges antes disso, é um cara que eu me dei muito bem na minha vida com ele, jogando junto, e temos outros excelentes jogadores aqui também, o Diego Souza, o Fábio, que é ídolo da torcida, o Tinga, o Ceará. Todo mundo tem seu talento, eu venho para somar e buscar meu espaço”.