Cruzeiro
1

CRUZEIRO

Brilha a estrela de Damião

Numa partida em que o Cruzeiro ainda lutou contra a falta de entrosamento, centroavante marcou duas vezes nos 3 a 1 sobre o Guarani. Resultado dá liderança provisória à Raposa

postado em 12/02/2015 08:49

ALEXANDRE GUZANSHE / EM DA PRESS
O Cruzeiro assumiu a liderança provisória do Campeonato Mineiro ao vencer o Guarani por 3 a 1, ontem à noite, em Nova Serrana, pela terceira rodada. O resultado foi importante, mas, além dele, a atuação de dois jogadores que chegaram neste início de temporada ao clube: o armador De Arrascaeta, que estreou bem, e o atacante Leandro Damião, que fez seus dois primeiros gols com a camisa celeste – o outro foi de Judivan.

O uruguaio deixou excelente primeira impressão, dando o toque de classe que faltou nos jogos anteriores deste ano, tanto amistosos quanto pelo Estadual. Ele foi responsável por belos lances, mostrando objetividade e categoria, especialmente na etapa inicial.

Ainda assim, a diretoria segue em busca de mais um armador. O clube admite ter feito consulta por Wagner, mas o Fluminense não quer liberar. Assim, o alvo passa a ser Alex, do Internacional.

Já os gols de Leandro Damião saem em hora mais que propícia. Afinal, hoje à tarde o Cruzeiro deve apresentar outro atacante, Henrique, vice-artilheiro do Campeonato Brasileiro de 2014, com 16 gols, atuando pelo Palmeiras.

O técnico Marcelo Oliveira gostou de parte do que viu e espera que a equipe evolua. “Tivemos lampejos de bom futebol, mas enfrentamos algumas dificuldades ainda, com erros de passe, cruzamentos malfeitos. Mas já foi bem melhor que os outros jogos. Gostei principalmente do espírito de luta, que será muito importante não só no Mineiro, mas também na Libertadores”, afirmou o treinador, referindo-se à competição continental, em que o time estreia em 25 de fevereiro, contra o Universitario de Sucre, na Bolívia.

Na partida de ontem, De Arrascaeta precisou de apenas dois minutos para mostrar sua qualidade. Lançado, ele passou pelo goleiro e tocou, mas Carlos Renato tirou a bola quase em cima da linha de gol.

Aos 11min, o uruguaio cobrou falta frontal por cima. Cinco minutos depois, ele roubou bola no círculo central, avançou e serviu Leandro Damião, que bateu mal, facilitando a defesa de George. Na sequência, o camisa 10 fez outra assistência e o atacante bateu para fora.

Aos 20min, os treinadores tiveram de mexer devido a contusões. Enquanto Marcelo Oliveira colocou o volante Eurico na vaga do lateral-direito Mayke, Gian Rodrigues substituiu Djalma pelo também armador Vinícius Kiss.

Aos 26min, De Arrascaeta aproveitou sobra e bateu de primeira, assustando George. Aos 38min foi a vez de ele ajeitar para chute de primeira de Henrique, que passou rente à trave.

DESENCANTOU O Cruzeiro voltou para o segundo tempo com Felipe Seymour no lugar de Willian Farias, que também se contundiu. Mas quem continuou ditando o ritmo da equipe celeste foi o uruguaio, que logo aos 2min quase coloca Leandro Damião na cara do gol.

O Guarani mostrou que também estava vivo no jogo aos 5min, com Leandro Ferreira, que limpou na entrada da área e chutou por sobre o travessão. Sete minutos mais tarde, Fábio Júnior perdeu chance debaixo do gol ao completar por cima cruzamento de Carlos Renato.

Como uma espécie de castigo, o time celeste conseguiu abrir o marcador no lance seguinte, aos 14min. Depois de jogada de Eurico pela direita, Leandro Damião ajeitou dentro da área e mandou para a rede.

Aos 25min, o Bugre chegou com perigo novamente, com Vinícius Kiss, que passou por Mena na área e bateu forte, para boa defesa de Fábio. Mas 10 minutos depois quem marcou foi novamente o Cruzeiro, com Judivan. Ele recebeu bom lançamento de Marquinhos, invadiu a área, driblou Marx e tocou no canto.

O time de Divinópolis diminuiu aos 37min, com João Carlos, que aproveitou rebote de Fábio – que completou 610 partidas pela Raposa –, após grande defesa. Mas a Raposa fez o terceiro já nos acréscimos, novamente com Leandro Damião, depois de mais uma assistência de Marquinhos.