Flamengo

CRUZEIRO

Adilson quer Cruzeiro 100% em treinos e jogos e pede intensidade da Premier League na reta final do Brasileiro

Técnico terá pouco mais de uma semana para livrar clube do rebaixamento

postado em 30/11/2019 07:00 / atualizado em 29/11/2019 21:37

(Foto: Juarez Rodrigues/EM/D. A Press)
Adilson Batista não terá os 46 dias de Rogério Ceni e nem os dois meses de Abel Braga para tentar livrar o Cruzeiro do rebaixamento. São dez dias para, em três rodadas, obter no mínimo dois pontos a mais que o Ceará, 16º colocado, e permanecer na elite nacional. Na segunda-feira, às 20h, a Raposa enfrentará o Vasco, em São Januário, no Rio de Janeiro. Depois, sairá para pegar o Grêmio, às 19h15 de quinta-feira, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre. Por fim, fará o último duelo diante do Palmeiras, domingo, 8 de dezembro, às 16h, no Mineirão.

“Quanto tempo o Rogério ficou?”, indagou Adilson. “Quarenta e seis dias”, responderam os jornalistas. “Então tenho uma semana. Vai dar. O meu vai dar tempo, se Deus quiser”, frisou o treinador, muito animado e confiante em aproveitar intensamente o curto período para conhecer melhor o grupo.

Vão trabalhar ao lado de Adilson no Cruzeiro o auxiliar técnico Cyro Garcia e o preparador físico José Mário Campeiz. O trio terá a missão de fazer com que os atletas treinem e joguem com 100% de empenho e dedicação.

“É difícil comentar quando você está olhando o jogo de fora. É o que coloquei para eles. Preciso treinar 100%. Não adianta treinar 50% e querer jogar 100%. Precisamos treinar da mesma forma que vamos jogar. Não tem como eu cobrar ou falar e fazer uma avaliação de fora. Peço desculpa em relação a isso, seria até antiético. Infelizmente, o tempo é escasso. Mas, no pouco tempo, tem que mostrar o que quer. Vou tentar fazer para que deem 100% no treinamento e nos jogos”, ressaltou Adilson, que pediu confiança aos torcedores e prometeu trabalhar para alcançar a intensidade semelhante à da Premier League, algo que somente o campeão nacional Flamengo tem apresentado.

“Que ela confie, acredite, apoie e ajude, pois estarei atento em relação a isso. Preciso colocar os melhores, e o futebol pede isso. A gente assiste todos os dias à Premier League, mas precisamos jogar como na Premier League. E quem jogou o futebol como na Premier League foi o Flamengo. O Flamengo com intensidade. Se não tiver intensidade, não joga. E nós precisamos ter. E vamos ter”, completou.

Adilson Batista, de 51 anos, está em sua segunda passagem pelo Cruzeiro. Na primeira, foram 170 jogos, com 97 vitórias, 34 empates e 39 derrotas. Ele conquistou dois Campeonatos Mineiros, em 2008 e 2009, foi vice-campeão da Copa Libertadores, em 2009, e fez boas campanhas no Brasileiro: 3º, em 2008, e 4º, em 2009. Agora, em 2019, terá de beirar a ‘perfeição’ para manter a Raposa na primeira divisão. A derrota de quinta-feira para o CSA, por 1 a 0, no Mineirão, deixou o time estacionado em 17º lugar, com apenas 36 pontos.



Tags: cruzeiro brasileiro adilson flamengorj seriea inglesfut cearace