Futebol Internacional

COPA AMÉRICA

Em BH e de olho no Uruguai, Equador recebe boa notícia sobre quadro clínico Jefferson Orejuela

Jogador do Manchester United teve lesão mais série descartada

postado em 12/06/2019 20:11 / atualizado em 12/06/2019 20:25

<i>(Foto: Gladyston Rodrigues/EM/D. A Press)</i>
Primeira equipe a chegar a Belo Horizonte para a Copa América, a Seleção do Equador aproveitou o segundo dia em território brasileiro para aprimorar a parte tática e técnica. Tudo para que a equipe esteja bem preparada para a estreia, domingo, às 19h, no Mineirão, contra o Uruguai, pela primeira rodada do Grupo C.


Usando apenas metade do campo do Sesc Venda Nova, com a largura também diminuída, o técnico Hernán “Bolillo” Goméz, que é colombiano, tratou de exigir movimentação de seus comandados no ataque e posicionamento na defesa. Ele deu instruções durante toda a atividade, principalmente no que se referiu aos ataques pelos lados. No fim, Bolillo colocou alguns atletas para aprimorarem as finalizações.

Alívio

Chamou atenção, ainda, as atividades realizadas pelo meio-campista Jefferson Orejuela. O jogador do Manchester United teve descartada lesão mais grave na coxa esquerda depois de passar por exame de imagem na capital mineira. Porém, como está com edema no local, é dúvida para encarar os uruguaios.

A partir desta quinta-feira, a Seleção Equatoriana troca o Sesc Venda Nova, local dos dois primeiros treinos, pela Toca da Raposa II. Já no sábado, a atividade final de preparação para a estreia deverá ser no próprio Mineirão. O Equador voltará à Toca da Raposa II em 25 de julho, um dia depois de enfrentar o Japão, pela terceira rodada do Grupo C.

Tags: copaamerica equador futnacional futinternacional interiormg