Futebol Internacional

ATLÉTICO

'Galo nas Eliminatórias': Alonso sofre goleada e Franco ganha titularidade

Já Arana não entrou na goleada do Brasil sobre o Uruguai (4 a 1), em Manaus-AM

postado em 15/10/2021 11:57 / atualizado em 15/10/2021 12:28

(Foto:  Javier MAMANI / various sources / AFP)
Os jogadores do  Atlético  encerraram suas participações nesta rodada tripla das Eliminatórias para a Copa do Mundo. Nessa quinta-feira, Junior Alonso foi titular da Seleção Paraguaia na goleada sofrida para a Bolívia (4 a 0), em La Paz-BOL, e Alan Franco também começou entre os 11 iniciais do Equador no empate com a Colômbia (0 a 0), em Barranquilla-COL. Arana não entrou na goleada do Brasil sobre o Uruguai (4 a 1), em Manaus-AM.

Os convocados voltam a Belo Horizonte nesta sexta-feira e estarão à disposição do técnico Cuca para a partida contra o Atlético-GO, no domingo, às 18h15, em Goiânia, pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Junior Alonso ficou 69 minutos em campo na goleada sofrida pelo Paraguai para a Bolívia (4 a 0). Como é de costume, ele atuou na lateral esquerda na Seleção Paraguaia. No tempo em que esteve em campo, não desarmou nem fez interceptações, mas ganhou três duelos aéreos. Tocou na bola 42 vezes e teve 82% dos passes certos. Recebeu nota 6,4 do SofaScore.

Já Alan Franco esteve em campo durante quase todo empate entre Equador e Colômbia (0 a 0). Deixou o gramado faltando três minutos para acabar a partida dando lugar a Preciado. O volante alvinegro atuou pelo lado direito do campo. Ele acertou 66,7% dos passes, ganhou cinco duelos (dois no chão e três aéreos) e fez dois desarmes. Ao todo, perdeu a bola oito vezes. Recebeu nota 6,9 do SofaScore.

Depois de ser titular na vitória sobre a Venezuela (3 a 1), Arana foi reserva de Alex Sandro no empate com a Colômbia (0 a 0) e na vitória sobre o Uruguai (4 a 1). O Brasil lidera a classificação, com 31 pontos. A Argentina é a segunda, com 25.

Sempre chamado pela Seleção Chilena, o atacante Eduardo Vargas se recupera de uma entorse no tornozelo direito. 

Já Savarino se recuperou de uma lesão no tendão do músculo adutor da coxa direita. Ele chegou a participar de alguns minutos do empate com o Palmeiras (1 a 1) e da vitória sobre o Internacional, ambos os jogos disputados no Mineirão. Apesar disso, não foi chamado pela Seleção Venezuela, pois não está no melhor da sua forma.

Tags: galo convocados eliminatórias futinternacional