Futebol Internacional

MERCADO EUROPEU

Empresário do zagueiro Marquinhos confirma ofertas de Barcelona e PSG

Pedida da Roma pelo jogador está entre 25 e 30 milhões de euros

postado em 15/07/2013 11:47

Cria do Corinthians, o zagueiro Marquinhos, da Roma, vem despertando a atenção de vários clubes da Europa recentemente. Cobiçado pelo Barcelona, o brasileiro poderá surpreender e assinar contrato com o PSG, como especula a imprensa internacional no começo desta semana.

Os rumores surgiram após o empresário do defensor, Roberto Calenda, revelar à Sky Italia que o seu agenciado está bem disputado. “Recebemos ofertas do Barça, do Manchester United e do PSG, e a Roma poderia aceitar uma delas”, levantou. “O clube já nos falou da possibilidade de transferência”.

Para o jornal catalão Mundo Deportivo, por exemplo, o dinheiro do clube francês é o maior empecilho na concorrência, uma vez que este é exatamente o entrave nas conversas com os italianos – a pedida está entre 25 e 30 milhões de euros (até R$ 88,5 milhões), valor que assusta.

No entanto, isto não seria um problema para o PSG, que tem cifras sobrando. Uma possível chegada de Marquinhos poderia facilitar a saída de Thiago Silva, número um na lista de reforços que o técnico Tito Vilanova enviou aos diretores. O também brasileiro David Luiz vem logo atrás.

Indo além, Thiago Silva deverá se reunir com o treinador Laurent Blanc nesta semana para comunicar a sua vontade de deixar o Parque dos Príncipes, como assegura o jornal Sport. Defender as cores blaugranas seria um sonho de infância, e o total respaldo de Vilanova facilita.

Thiago Silva ainda está de férias por conta de sua participação com a Seleção Brasileira na Copa das Confederações, mas já comprou as passagens para Paris. Os catarianos do clube prometem endurecer nas negociações, mas não poderiam fazer nada contra a vontade do defensor.

Recentemente, a cúpula do PSG se pronunciou sobre os rumores da saída de Thiago Silva. “Ele é um jogador do PSG, tem contrato e vai cumpri-lo. Rumores sempre estão presentes”, citou. O presidente Nasser El-Khelaifi reforçou: “Pra mim, ele não tem preço. É um dos jogadores mais importantes”.