UAI

2

Champions: Liverpool vence o Benfica em Lisboa e leva vantagem nas quartas

Equipes se enfrentaram nesta terça-feira (5), no Estádio da Luz, em Lisboa, pelas quartas de final da Liga dos Campeões

05/04/2022 17:58 / atualizado em 06/04/2022 08:57
compartilhe
Liverpool bate o Benfica por 3 a 1 na Luz
foto: CARLOS COSTA / AFP

Liverpool bate o Benfica por 3 a 1 na Luz


Nesta terça-feira, Benfica e Liverpool se enfrentaram pelo jogo de ida das quartas de final da Liga dos Campeões. No Estádio da Luz, o time de Jurgen Klopp venceu por 3 a 1, com gols do zagueiro Ibrahima Konaté e dos atacantes Sadio Mané e Luis Díaz. O uruguaio Darwin Núñez descontou para a equipe portuguesa.



Os Reds voltam a campo no próximo domingo, contra o Manchester City, às 12h30 (de Brasília), pelo Inglês. Já os Encarnados enfrentam o B-SAD, no sábado, às 14 horas (de Brasília), pelo Português.

O duelo de volta entre Liverpool e Benfica será no dia 13 de abril (quarta-feira). A partida será em Anfield, às 16 horas (de Brasília).

O jogo - No primeiro tempo, o time visitante chegou com perigo aos 12 minutos. Naby Keita recebeu de Salah dentro da área, bateu de esquerda, mas a bola foi em cima de Odysseas Vlachodimos.

Aos 17, o Liverpool chegou ao gol que abriu o placar. Andrew Robertson cobrou escanteio e Ibrahima Konaté cabeceou para o fundo das redes.

O Benfica levou perigo aos 23, com Everton Cebolinha, que avançou pela esquerda, entrou da área, mas acabou batendo para fora. Um minutos depois, Luis Díaz quase marcou o segundo dos ingleses, parando em Vlachodimos.

Aos 34, o Liverpool chegou ao segundo gol. Trent-Alexander Arnold lançou Luis Díaz em profundidade, e o colombiano ajeitou de cabeça para Sadio Mané empurrar para o fundo da meta.

Nos instantes finais, Mohamed Salah perdeu uma grande chance. O egípcio recebeu lançamento em profundidade, ficou de frente com Vlachodimos, mas chutou em cima do goleiro.

Já na segunda etapa, logo no início, o Benfica diminuiu o placar. Rafa Silva cruzou na área, Konaté falhou ao tentar afastar a bola, e Darwin Núñez mandou para o gol defendido por Alisson.

No minuto 15, os portugueses tiveram a chance do empate. Everton Cebolinha recebeu perto da entrada da área e tentou um chute rasteiro, mas o goleiro da Seleção Brasileira fez a defesa.

Aos 33, Luis Díaz ficou perto de colocar o Liverpool novamente com dois gols de vantagem. O colombiano recebeu cruzamento e, livre, finalizou para fora.

Nos minutos finais, os ingleses finalmente chegaram ao terceiro gol. Naby Keita acionou em profundidade Luis Díaz, o atacante driblou Vlachodimos e mandou para a meta. Nos acréscimos, o goleiro grego ainda impediu um gol de Diogo Jota.

Compartilhe