UAI

2

Jesus marca, Arsenal goleia o Chelsea e conquista Florida Cup

Gabriel Jesus, Odeegard, Saka e Lokonga marcaram os gols da vitória do Gunners no Camping World Stadium, em Orlando, nos Estados Unidos

23/07/2022 23:31
compartilhe
Gabriel Jesus deu toque de cavadinha para abrir o placar
foto: AFP

Gabriel Jesus deu toque de cavadinha para abrir o placar


Na noite deste sábado, Arsenal e Chelsea se enfrentaram pela Florida Cup no Camping World Stadium, em Orlando, nos Estados Unidos. Com gols de Gabriel Jesus, Odeegard, Saka e Lokonga o primeiro clássico das equipes londrinas na temporada, válido pelo torneio amistoso de pré-temporada, foi vencido pelos Gunners por 4 a 0.

Assim, com a vitória, o time treinado por Mikel Arteta conquistou o título simbólico da competição. Além disso, o clube encerra a preparação em solo norte-americano com 100% de aproveitamento. Foram três jogos e três vitórias - 2 a 0 sobre o Everton, 3 a 1 sobre o Orlando City e 4 a 0 sobre o rival Chelsea. Por sua vez, os Blues, que também estavam invictos, terminam a passagem na América do Norte com uma vitória, um empate e uma derrota.

Agora, as equipes se concentram no último amistoso preparatório antes do início do Campeonato Inglês - previsto para a primeira semana de agosto. O Arsenal recebe o Sevilla, no Emirates Stadium, às 8h30 (de Brasília) do próximo sábado (30), pela Emirates Cup. Do outro lado, o Chelsea vai à Itália para enfrentar a Udinese na sexta-feira, a partir das 16 horas, no Estádio Friuli.

O duelo entre Arsenal e Chelsea

O Arsenal era melhor no começo do primeiro tempo. Já havia chego com Saka, aos cinco minutos, mas Mendy fez boa defesa. Dez minutos depois, Xhaka aproveitou erro de Chalobah na saída de jogo e encontrou Gabriel Jesus, de primeira. O brasileiro invadiu a área e encobriu o goleiro senegalês na saída do gol, marcando um belo gol para abrir o placar.

Assim, com a superioridade mantida, os Gunners ampliaram a vantagem no marcador aos 35 minutos. Após mais um erro da defesa do Chelsea, Gabriel Martinelli recuperou na esquerda e passou para Odegaard, que tocou rasteiro na saída de Mendy e fez o 2 a 0.

Nos minutos finais, aos 48, o Chelsea chegou com perigo pela primeira vez. Mason Mount recebeu na direita e arriscou da entrada da área, mas a bola explodiu na trave direita de Ramsdale.

Entretanto, na volta do intervalo, o Arsenal precisou de apenas 20 minutos para fazer o terceiro. Após defesa de Mendy em chute de Gabriel Martinelli, o suíço Xhaka chapelou Marcos Alonso e finalizou com força, mas o arqueiro do Chelsea a espalmou mais uma vez. No novo rebote, Saka enfim empurrou para ampliar.

Por fim, os treinadores decidiram modificar bastante os times. Apesar das substituições diminuírem a temperatura do jogo, ainda deu tempo para o Arsenal fazer mais um e transformar a vitória em goleada. No último lance da partida, Cedric cruzou para o jovem Lokonga, que apareceu sozinho e cabeceou para fazer o quarto dos Gunners.

Compartilhe