Futebol Nacional

CRUZEIRO

Respeito entre jogadores é o segredo do Cruzeiro em 2013, diz Ricardo Goulart

Para meia, ausência de vaidades tem sido determinante para resultados positivos

postado em 09/08/2013 14:00

Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press

Entre os jogadores titulares do Cruzeiro, apenas o goleiro Fábio é remanescente da última temporada. No entanto, a equipe não tem demonstrado sofrer com desentrosamento e acumula resultados positivos. Para o meia Ricardo Goulart, o segredo do líder do Brasileirão está no respeito entre os jogadores.

“O diferencial na nossa equipe neste ano é saber respeitar o espaço do companheiro. O atleta que está de fora, seja experiente ou mais novo, está respeitando. Isso não está causando vaidade no grupo. Sei que a concorrência é grande, estou aproveitando meu momento e à disposição do Marcelo”, disse o autor do gol da vitória sobre o Criciúma, na última quarta-feira.

Líder do Campeonato Brasileiro, o Cruzeiro contra em seu banco de reservas com jogadores experientes, que retornam de lesão, como o lateral-direito Ceará e os atacantes Borges e Dagoberto. Outros veteranos também são suplentes, caso dos volantes Leandro Guerreiro e Tinga. Na disputa por posição no meio-campo, Ricardo Goulart terá a concorrência de Júlio Baptista. O novo camisa 10 do clube iniciou treinamentos na Toca da Raposa nessa semana.

Para lidar com as várias opções do elenco, o técnico Marcelo Oliveira solicitou à diretoria que afastasse quatro jogadores. O lateral Leandrinho, os zagueiro Nirley e Thiago Carvalho e o volante Uelliton passaram a treinar em um grupo separado. O atacante Leo Bonattini retornou às categorias de base. Segundo o treinador, a decisão visou evitar uma possível insatisfação dos atletas por não serem relacionados para os jogos.

Tags: cruzeiro goulart respeito vaidade