Futebol Nacional

SÉRIE B

Adeus, invencibilidade

América, que não perdia havia dois meses, faz péssima partida e é derrotado pelo ASA em Arapiraca por 2 a 0, perdendo a chance de entrar no G4

postado em 10/08/2013 08:51 / atualizado em 10/08/2013 08:53

Carlos Cruz - Assessoria de imprensa do América


Irreconhecível, o América foi derrotado pelo ASA por 2 a 0, gols de Elionar Bombina e Wanderson, ontem, em Arapiraca, pela 14ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Com o tropeço, perdeu a chance de entrar para o grupo dos quatro primeiros, além de uma invencibilidade de dois meses na Segunda Divisão nacional. Acumulava seis vitórias e quatro empates até o fiasco diante do time alagoano. A última derrota foi em 28 de maio para o Figueirense por 4 a 2 no Independência.

Os americanos retornaram para Belo Horizonte logo depois do confronto e foram liberados. Amanhã, iniciarão os preparativos para o confronto com o São Caetano, terça-feira, às 19h, no Independência. Para a partida da 15ª rodada, Paulo Comelli terá Rodriguinho, que tanta falta fez ao time diante do ASA. O armador cumpriu suspensão por causa do acúmulo de cartões amarelos.

A volta do jogador causa certo alívio, especialmente nos torcedores. O camisa 10 é fundamental no esquema montado por Comelli. E Além de comandar as ações no meio-campo americano, é o artilheiro do Coelho na Série B. Já balançou as redes rivais sete vezes.

Motivação não vai faltar a Rodriguinho para o confronto com o Azulão. Perto de completar 100 jogos com a camisa do Coelho – tem 98 partidas –, ele é desejado por grandes clubes do país, inclusive o Atlético, e comemora a boa fase. Mas diz que nada seria possível sem seus companheiros. “Estou muito feliz. Vivo um momento muito bom, mas tenho de agradecer, principalmente, aos meus companheiros de time. Sem a ajuda deles não será possível chegar a qualquer marca.”

FIASCO Sem o camisa 10 em Arapiraca, Kleber foi o responsável pela criação. Mas nem de longe teve a mesma eficiência do artilheiro. Além de não conseguir armar, mal dominava a bola e errava passes em demasia. A única jogada convincente do Coelho demorou para sair. Foi quase no fim do primeiro tempo, quando Kleber conduziu a bola com perigo até a entrada da área e recuou para Nikão. Marcado, o atacante lançou na esquerda para Willians, que chutou de primeira sem perigo.

Mas o time de Paulo Comelli levou o gol logo em seguida. Depois de sofrer muita pressão do ASA, viu o anfitrião balançar a rede pela primeira vez na partida com Elionar Bombinha, que completou, de cabeça, lançamento na área. Completamente envolvido, permitiu ao time alagoano ampliar pouco depois. Wanderson aproveitou falha na defesa americana, ajeitou a bola e marcou um belo gol para definir a derrota americana ainda na fase inicial.


ASA 2 X 0 América

ASA
Gilson; Fabiano, Micael, Samuel e Osmar (Maicon 40 do 2º); Jorginho, Rudiero, Didira e Thallyson; Elionar Bombinha (Jeferson Maranhense 43 do 2º) e Wanderson
Técnico: Leandro Campos

América
Matheus; Leandro Silva, Gualberto, Vítor Hugo e Danilo; Claudinei, Andrei Girotto (Jailton 28 do 1º), Kleber e Doriva; Willians (Fábio Júnior 25 do 2º) e Nikão (Marcão 11 do 2º)
Técnico: Paulo Comelli

Estádio: Coaracy Fonseca, em Arapiraca
Gols: Elionar Bombina 32 e Wanderson 37 do 1º
Árbitro: Avelar Rodrigo da Silva (CE)
Assistentes: Katiuscia M. Berger Mendonça (ES) e Ricardo Aragão Lima de Melo (SE)
Cartão amarelo: Jorginho, Kleber e Rudiero
Pagantes: 1.341
Renda: R$ 12.070

Tags: américa perde asa Série B