Futebol Nacional

EM SANTA CATARINA

Na Arena Condá, América enfrenta missão difícil em jogo atrasado ante Chapecoense

Coelho entra em campo nesta terça-feira, às 21h, pela nona rodada da Série B, e tenta colocar fim à invencibilidade do time adversário como mandante para ingressar no G-4

postado em 20/08/2013 07:55 / atualizado em 19/08/2013 22:16

Carlos Cruz/América Futebol Clube

O América tem uma missão muito difícil na noite desta terça-feira. Às 21h, na Arena Condá, em Chapecó (SC), o Coelho tenta manter o bom aproveitamento fora de casa e também entrar em campo para derrubar a invencibilidade da Chapecoense como mandante. Inicialmente previsto para 20 de julho, o duelo válido pela nona rodada da Série B teve de ser adiado na ocasião por conta das fortes neblinas no interior de Santa Catarina.

Em quinto lugar da Série B com 26 pontos, o Coelho precisa de uma simples vitória para retornar ao G-4, já que tem uma partida a menos do que o Paraná, quarto colocado com 27. Para pegar a Chape, o time comandado por Paulo Comelli conta com os retornos do zagueiro Vitor Hugo e os meias Nikão e Willians. Por outro lado, o desfalque é o atacante Tiago Alves, que se contundiu no início do empate em 1 a 1 com o América-RN.

Comelli comemorou o retorno dos três titulares ao Coelho. “São três jogadores importantes e que agora estão mais descansados. O Nikão segura bem a bola na frente e o Willians é um jogador de velocidade”, destacou o técnico, dando a entender que os colocará como titulares nesta terça-feira. Desta forma, a probabilidade é que o armador Kleber fique como alternativa no banco de reservas.

De acordo com o treinador, o Coelho precisa fazer gols nos primeiros instantes da partida, pois só assim terá tranquilidade para dominar o adversário e tentar buscar uma vantagem maior nos contra-ataques. Ele ainda fez questão de ressaltar os poderes físico e ofensivo da Chapecoense, que conta com um dos melhores ataques da Série B.

“Temos de procurar fazer gol no início do jogo, assim como fizemos na vitória contra o São Caetano. Isso alivia a ansiedade natural da equipe e obriga o adversário a nos atacar. A Chapecoense é um clube de estrutura, tem equipe forte e com preparo físico desenvolvido. Mas quem quer chegar ao grupo dos quatro primeiros não pode temer ninguém”, analisou.

CONFIRA A CLASSIFICAÇÃO ATUALIZADA DA SÉRIE B

Já a Chapecoense aposta na boa fase do artilheiro Bruno Rangel para evitar que sua invencibilidade em casa seja quebrada pelo América. O camisa 9 fez os dois gols no empate em 2 a 2 com o Paraná, na 16ª rodada, e espera manter a boa fase para seguir ajudando a equipe. “Será mais uma partida difícil, mas temos boas condições de vencer, ainda mais pelo fato de jogarmos em casa”, disse o centroavante, que já soma 17 tentos na Série B.

CHAPECOENSE X AMÉRICA


CHAPECOENSE

Nivaldo; Fabiano, Dão, Rafael Lima e Anderson Pico; Wanderson, Paulinho Dias, Augusto e Athos; Fabinho Alves e Bruno Rangel
Técnico: Gilmar dal Pozzo

AMÉRICA
Matheus; Leandro Silva, Vitor Hugo, Gualberto e Danilo; Leandro Ferreira, Claudinei, Rodriguinho, Willians e Nikão; Marcão (Kleber)
Técnico: Paulo Comelli

Motivo: nona rodada da Série B
Local: Estádio Arena Condá, em Chapecó (SC)
Data: terça-feira, 20 de agosto de 2013, às 21h
Árbitro: Gilberto Rodrigues Castro Júnior (PE)
Assistentes: Luciano Roggenbaum (PR) e Arestides Pereira da Silva Júnior (PR)

Tags: américa chapecoense chapecó g-4 arena condá série b