Futebol Nacional

COPA LIBERTADORES

Vitória sobre o Corinthians dá motivação extra para final, dizem jogadores do Galo

Jogadores estão ainda mais motivados para duelo contra o Olimpia na quarta

postado em 15/07/2013 08:00 / atualizado em 14/07/2013 19:47

DANIEL VORLEY /FRAME/ESTADAO
Com o intuito de enfrentar o Olimpia com força máxima na próxima quarta-feira, no primeiro jogo da final da Libertadores, o técnico Cuca poupou alguns titulares na partida contra o Corinthians, neste domingo, no Pacaembu. Mesmo com time misto, o Galo surpreendeu o rival paulista e venceu o confronto por 1 a 0 – gol de Rosinei, no primeiro tempo.

Para os jogadores do Atlético, o triunfo fora de casa sobre o último campeão da Libertadores e do Mundial de Clubes da Fifa vai dar uma motivação extra ao time do Galo para encarar o Olimpia. “Sem dúvida ganhamos ainda mais motivação. A gente sabia da importância de uma vitória nessa partida. A intenção era até de conquistar só um ponto aqui. A gente sabe que pouquíssimos times vencerão o Corinthians aqui durante o campeonato. Eles são muito fortes tradicionalmente com sua torcida”, avaliou o atacante Guilherme.

O zagueiro Gilberto Silva ressaltou a personalidade dos jogadores dentro de campo e ratificou que a vitória sobre o Corinthians aumentou a confiança em um resultado positivo no duelo de quarta-feira. “Nossos jogadores têm uma personalidade muito grande. Eles têm vontade de ajudar o grupo e mostrar para os torcedores que estão ali no momento que precisar. Dessa forma, os objetivos ficam mais próximos. Ganhamos de uma grande equipe como o Corinthians e isso dá para nós um gás extra para a decisão”.

Os únicos titulares que iniciaram a partida diante do Corinthians foram o goleiro Victor, o zagueiro Réver - que estava suspenso contra o Newell's, na semana passada -, e o meia-atacante Bernard, que está suspenso no primeiro jogo da decisão da Libertadores. Marcos Rocha foi acionado no segundo tempo, já que Junior César se lesionou.

A primeira partida da final da Copa Libertadores será nesta quarta, às 21h50, no Estádio Defensores Del Chaco, em Assunção, no Paraguai.