Futebol Nacional

SEM PAPAS NA LÍNGUA

Luxa critica postura de R10 no Flamengo e diz que atrito com Kalil o recuperou

Treinador criticou profissionalismo do meia nos tempos de Flamengo e disse que atrito com Alexandre Kalil proporcionou amadurecimento e resposta positiva em campo

postado em 09/08/2013 16:00 / atualizado em 09/08/2013 16:12

Rodrigo Clemente/EM/D.A Press.
A saída do Flamengo, na temporada 2012, ainda é motivo de incômodo para Vanderlei Luxemburgo. Recém-contratado pelo Fluminense, o treinador foi ao programa Redação Sportv nesta sexta-feira e acabou relembrando a saída do Rubro-Negro. O alvo foi Ronaldinho Gaúcho, destaque do Atlético, e apontado pelo técnico como responsável por sua demissão.

“O meu processo de desgaste no Flamengo foi um processo "não-profissional". Todo mundo sabe que eu saí do Flamengo por causa do Ronaldinho. O clube preferiu privilegiar a situação desconfortável que o jogador fazia, bancar aquilo, do que bancar o profissional”, disse o técnico.

Ao comentar o sucesso de Ronaldinho no Atlético, coroado com o título da Libertadores, o treinador citou a mudança de comportamento. Segundo Luxumburgo, o armador esteve cotado para sair do Galo, após atrito com o presidente Alexandre Kalil, mas acordou a tempo e deu a volta por cima.

“O Ronaldinho foi colocado como dispensado pelo Kalil. Os jogadores pediram para que ele não fosse mandado embora. Com certeza, o Ronaldinho mudou. Não o comportamento de vida, mas o compromisso com o clube”, completou Luxa, se referindo a um suposto atrito antes do jogo Atlético e Vasco, no Independência, pelo Brasileiro de 2012.

Tags: ronaldinho luxemburgo flamengo atletico