Futebol Nacional

ATLÉTICO

Santana elogia Cazares, mas pede calma: 'Logo vamos vê-lo entre os titulares do Atlético'

Tendência é que o armador fique no banco de reservas no jogo contra o Flamengo

postado em 16/05/2019 08:00 / atualizado em 16/05/2019 03:14

<i>(Foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press)</i>

Rodrigo Santana elogiou a volta de Cazares ao time do Atlético no empate com o Santos (0 a 0), nessa quarta-feira, no Independência, pela Copa do Brasil. O armador ficou um mês longe dos gramados. Apesar do longo período de afastamento, ele entrou bem na partida contra os paulistas. Agora, o técnico interino pede calma com o retorno do equatoriano ao time titular do Galo.

Cazares se machucou na derrota do Atlético para o Cruzeiro, por 2 a 1, no Mineirão, no jogo de ida da final do Campeonato Mineiro, no dia 14 de abril. O armador deixou o campo logo aos 19 minutos com dores na coxa esquerda.

Desde então, o jogador equatoriano estava dedicado em sua recuperação. Foi cogitada a possibilidade de ele reaparecer no time na derrota do Atlético para o Palmeiras (2 a 0), no último fim de semana, no Mineirão, em partida do Campeonato Brasileiro. Ele, contudo, seguiu fora e só voltou contra o Santos.

Cazares entrou na partida aos 13 minutos do segundo do tempo. Ele deu um novo ritmo ao time do Galo, criando algumas oportunidades de gol. Tanto que aos 20 minutos, depois de boa troca de passes do Atlético na frente da área, o equatoriano recebeu e chutou bonito para defesa do goleiro santista, no canto esquerdo baixo.

Rodrigo Santana gostou do que viu, mas a tendência é que Cazares não volte ao time titular já no confronto deste fim de semana contra o Flamengo, no Independência, pela 5ª rodada do Campeonato Brasileiro.

“O Cazares é um jogador que vocês conhecem muito bem, muito acima da média, é um jogador de criação que todo mundo cobra, jogador de último passe que a gente tanto precisa. É um jogador que temos de ter cuidado, perdemos ele na final ( do Campeonato Mineiro). Na semana antes do Palmeiras, ele foi liberado, vinha treinando em dois períodos, mas não era momento de colocá-lo. Ele poderia estourar. Temos de ter coerência com o grupo. Temos Nathan que vinha de dois jogos titulares, fazendo gol, e o Vinícius, que vinha entrando bem. Contra o Palmeiras, a vez era deles, que estavam aptos para 90 minutos. Optamos por segurar o Cazares um pouco mais, ganhar dias de treino, esta semana ele se movimentou melhor. Vamos conversar e a tendência do desgaste é rodar o elenco. Vamos dar ritmo ao Cazares e logo vamos ver ele entre os titulares”, afirmou Santana.

Tags: cazares atleticomg galo meia armador time