Futebol Nacional

SANTA CRUZ

Na estreia de Milton Mendes, Santa Cruz recebe o ABC para vencer a primeira na Série C

Após quatro rodadas da competição, o Tricolor é lanterna do grupo A; o técnico mandará a campo uma equipe modificada, promovendo a estreia de Celsinho

postado em 24/05/2019 23:59 / atualizado em 25/05/2019 00:52

<i>(Foto: Leandro De Santana/DP Foto)</i>
Para espantar a crise. Para Milton Mendes ter tranquilidade na implementação do trabalho nesta sua segunda passagem pelo clube. Para, enfim, conquistar a primeira vitória. São vários os motivos que tornam imprescindíveis os três pontos do Santa Cruz no confronto contra o ABC, pela quinta rodada da Série C do Campeonato Brasileiro, neste sábado, às 19h15, no estádio do Arruda.

Nos últimos sete jogos, a Cobra Coral ganhou apenas um. Na Terceira Divisão, ainda não venceu - é lanterna do grupo A da competição com três pontos. A má fase é tão grande que o clube trocou o comando. A partida marcará a reestreia de Milton Mendes no clube após três anos. Na sua apresentação, o técnico falou sobre o jogo e disse que, no primeiro momento, o mais importante era resgatar a confiança dos atletas e fazer com que tenham mais atitude.

Apesar de afirmar que, inicialmente, o mais importante será a postura, o técnico mandará a campo uma equipe modificada em relação ao último jogo, inclusive promovendo estreia. Mais recente contratação do clube, o meia Celsinho jogará pela primeira vez. Abrindo para a imprensa o último treinamento - diferentemente do seu antecessor -, Milton Mendes esboçou a equipe titular para o duelo.

Sem Carlos Renato, suspenso, além de Augusto e Ítalo Henrique sacados por opção técnica, o provável Santa Cruz deverá ter: Anderson; Marcos Martins, João Victor, William Alves, Bruno Ré; Charles, Allan Dias, Celsinho; Everton, Pipico e Misael.

Nos dois treinamentos que teve à frente da equipe, o treinador pediu muita intensidade, seja para roubar a bola e sair em velocidade no contra-ataque ou para concluir rápido as jogadas criadas. Estes indícios, aliás, remetem à primeira passagem do técnico pelo clube, onde se via um time ágil na transição, jogando no 4-1-4-1, com as linhas bem compactas. Além disso, deu ênfase à bola parada.

Guerra, grito e dia de felicidade
“Certamente nós teremos uma equipe concentrada, porque aumentou o grau de exigência. Não pela chegada do treinador, mas pela posição que o clube ocupa. Já pedi para que eles façam desse jogo uma guerra, no bom sentido. Nós vamos buscar fazer o que queremos, vamos buscar o nosso jogo, que é atacar", disse Milton Mendes. "E o diferencial maior, eu espero, é que o nosso torcedor venha a campo. E ganhar esse jogo mesmo que seja no grito. A equipe quando não está bem, precisa que a torcida empurre. Onde eu entro, entro para ganhar. Entro para vencer". 
 
"A diferença é dos torcedores nos apoiarem dentro de campo . Os jogadores vão tentar fazer o máximo, vão tentar muito. Mas eu espero que o diferencial maior da entrega dos nossos jogadores seja o torcedor, e eu tenho certeza que o torcedor vai a campo, vai nos dar apoio Acredito muito que amanhã será um dia de felicidade”, concluiu.

Como vem o ABC

Assim como o Santa Cruz, o Alvinegro de Natal não vive bom momento. Tanto é que trocou treinador e o novo comandante, Sérgio Soares, irá apenas para a segunda partida à frente da equipe. Além disso, os muros do estádio Frasqueirão foram pichados como forma de protesto da torcida. A equipe vem de derrota em casa para o Botafogo-PB.

Na competição, está em sexto lugar, com apenas um ponto a mais que a Cobra Coral. Na escalação, mistério. O técnico fechou o treinamento, mas sabe-se que ele não poderá contar com Ivan, suspenso, além de Moisés e Jackson Caucaia, recém-contratados. Ambos por não estarem em condições físicas.

Ficha do jogo

Santa Cruz
Anderson; Marcos Martins, João Victor, William Alves, Bruno Ré; Charles, Allan Dias, Celsinho; Everton, Pipico e Misael. Técnico: Milton Mendes

ABC
Edson; Maicon, Mauricio, Joecio, Jonathan; Felipe Guedes, Anderson Rosa, Waldemir, Anderson; Luan e Hélio Paraíba. Técnico: Sérgio Soares

Local: Arruda
Horário: 19h15
Árbitro: Denis da Silva Ribeiro Serafim (AL)
Assistentes: Esdras Mariano de Lima Albuquerque-AL (1) e Brigida Cirilo Ferreira-AL (2)