Futebol Nacional

SANTA CRUZ

De volta ao esquema principal, Victor Rangel deve retornar à titularidade no Santa Cruz

Técnico Itamar Schülle não deve repetir o esquema com três zagueiros, apresentado na primeira partida da decisão do Estadual, contra o Salgueiro

postado em 04/08/2020 19:21 / atualizado em 04/08/2020 19:40

(Foto: Rafael Melo/Santa Cruz)
Quando a escalação do Santa Cruz para o primeiro jogo da decisão contra o Salgueiro foi divulgada, não havia nenhuma surpresa em relação à formação, repetindo a semifinal contra o Náutico. No entanto, quando os times entraram em campo, a entrada de Célio Silva no lugar do atacante Victor Rangel mostrava uma mudança de esquema, inédito com três zagueiros. Cenário que dificilmente se repetirá nesta quarta-feira.

Para o confronto final, o técnico Itamar Schülle deve repetir a formação base da equipe, com a defesa de volta com uma dupla de zaga, formada por William Alves e o capitão Danny Morais. O goleiro Maycon Cleiton, titular em 21 jogos, deve seguir, assim como Toty na lateral direita.

Na lateral esquerda, embora haja rumores pela contratação de Fabiano pelo Operário-PR, o atleta deve seguir na equipe. Caso contrário, se o treinador optar pela saída, Célio pode ganhar a vaga.

No meio de campo, a formação do trio com André, Paulinho e Didira também tende a ser a mesma. Já no ataque, com a volta de Victor Rangel, o Santa deve ter a composição de três atacantes, com preferência para a manutenção do paraguaio Derlis Alegre, no que pode ser a sua terceira partida como titular. Do contrário, Augusto Potiguar é cotado para a posição, assim como aconteceu no clássico contra o Sport, na última partida da fase classificatória do Pernambucano.

Com isso, o provável time do Santa Cruz contra o Salgueiro deve ter: Maycon Cleiton; Toty, William Alves, Danny Morais e Fabiano; André, Paulinho e Didira; Derlis Alegre, Victor Rangel e Pipico. Técnico: Itamar Schülle.