Futebol Nacional

Crise

Azevedo reconhece momento ruim, mas mostra confiança em recuperação do time

postado em 05/08/2012 19:50 / atualizado em 05/08/2012 20:07

Celso Ishigami /Diario de Pernambuco

Ainda que uma derrota para o São Paulo, no Morumbi, seja um resultado considerado normal, o novo tropeço agrava de maneira contundente a crise na Ilha do Retiro. Agora, o Sport acumula um jejum de cinco rodadas sem vencer, e tem um compromisso duríssimo na próxima quarta-feira. Um dos poucos jogadores poupados pela cobrança da torcida, o atacante Felipe Azevedo pediu uma trégua para a partida contra o vice-líder Vasco da Gama, que será disputada na quarta-feira, na Ilha do Retiro.

Tentando transmitir tranquilidade, Azevedo admitiu o mau momento do time, mas mostrou confiança na recuperação. “De maneira geral, acho que conseguimos fazer uma boa partida. Infelizmente não vencemos e isso acaba gerando insatisfação”, destacou. “Mas estamos evoluindo. Temos que levantar a cabeça e partir em busca da vitória sobre o Vasco”, acrescentou.

Ciente da crise que ronda o Sport, o atacante admitiu a pressão sobre o elenco, mas encarou o cenário com naturalidade. “Sabemos que com os últimos resultados, receberemos uma cobrança muito grande. Mas isso é normal num clube como o Sport. Não vencemos as últimas partidas e temos a consciência da pressão que receberemos. E só há uma solução: voltar a vencer”, ressaltou.