Futebol Nacional

Após derrota na estreia da Série B, Sport desembarca com tranquilidade

Pouquíssimos torcedores do Leão foram ao aeroporto, mas não houve xingamento

Se no embarque para Juazeiro a torcida do Sport protagonizou cenas de hostilidade, na tarde deste domingo, o clima estava bem ameno no desembarque da delegação rubro-negra. Poucos torcedores se deslocaram para o Aeroporto Internacional dos Guararapes para acompanha a chegada do time, que estreou na Série B do Brasileirão com derrota. Perdeu por 2 a 1 para Icasa.


Dos pouquíssimos presentes ao saguão do aeroporto, apenas dois demonstraram um certo descontentamento com a fase do time e ofereceram pipoca ao diretor de futebol Marcos Amaral. Apesar da tranquilidade, cerca de 40 policiais faziam a segurança da delegação leonina. Os jogadores não deram entrevistas. Passaram rapidamente pelo desembarque e seguiram atrás de táxis.


O novo treinador do Sport, Marcelo Martelotte, que não comandou a equipe contra o Icasa - assistiu ao jogo das arquibancadas -limitou-se a dizer que muita coisa precisa mudar no time. "O time esteve muito apático", comentou Martelotte, que comanda o primeiro treino na Ilha do Retiro nesta segunda-feira.