Futebol Nacional

Preparação

Recuperado, Roger foca a parte física

Atacante quer usar a intertemporada no agreste do estado para se recondicionar e poder brigar pela titularidade no time do Sport

postado em 22/06/2013 15:00 / atualizado em 21/06/2013 17:36

Yuri de Lira /Diario de Pernambuco

Edvaldo Rodrigues/DP/D.A Press
O Sport permanecerá concentrado até  próximo sábado no agreste pernambucano, onde o clube está desde a última quinta-feira. Os dias distante do Recife são comemorados pelo elenco e comissão técnica do time rubro-negro. Período para corrigir falhas, entrosar os atletas e sair da rotina estafante de treinos no Recife. Alguns jogadores, em especial, festejam ainda mais o período de preparação em Chã Grande e Gravatá. É o caso do atacante Roger. Recuperado de uma fratura no pé direito, vai encarar a intertemporada longe de casa para focar no seu recondicionamento físico.

O primeiro dia de trabalho do Leão no agreste marcou o retorno de Roger. Foi no gramado do estádio Barbosão, em Chã Grande, que ele trabalhou com bola pela primeira vez com bola depois da lesão que o afastou do campo por mais de dois meses. Um recomeço para o atleta, titular quando o time era comandado por Sérgio Guedes. Roger espera, aos poucos, conquistar Marcelo Martelote para reconquistar a sua titularidade. Contudo, vai ter pela frente uma concorrência mais acirrada na posição em comparação ao Pernambucano.

Artilheiro do Sport com três gols feitos até então na Série B do Brasileiro, Marcos Aurélio passou quase todo o estadual na reserva, mas o seu atual desempenho tem agradado o treinador. A disputa de Roger, portanto, será com Felipe Azevedo e Nunes. Contratado para o Brasileirão, esse último tem sido acionado na equipe, já fez gol decisivo e será mais uma "sombra" para o jogador. Outra opção para que Roger jogue é escalar a equipe com três atacantes - formação que Martelotte já adotou duas vezes nesta Série B.

Roger não cobra a vaga no time de cima. Comemora a sua recuperação e foca nos treinamentos. "Estou muito alegre em poder voltar. Só preciso pegar ritmo de jogo e perder aquele medo normal de bater na a bola e de fazer alguns movimentos", falou o centroavante. "A intertemporada caiu em boa hora para que eu possa melhorar a minha parte física. Claro que longe de casa a gente se concentra mais e isso facilita o processo", declarou. "Não penso em ser titular do dia para a noite, mas espero buscar o meu espaço", completou, minimizando a sua vontade de ser titular.

O ataque titular do Sport na Série B


Icasa 2 x 1 Sport - Marcos Aurélio e Nunes

Sport 1 x 0 ABC - Marcos Aurélio, Nunes e Felipe Azevedo

Figueirense 3 x 2 Sport - Marcos Aurélio, Nunes e Felipe Azevedo

Guaratinguetá 1 x 4 Sport - Marcos Aurélio e Felipe Azevedo

Sport 1 x 0 Palmeiras - Marcos Aurélio e Felipe Azevedo

Sport 0 x 2 Bragantino - Marcos Aurélio e Felipe Azevedo