Futebol Nacional

SPORT

André encerra jejum de 12 jogos, se emociona e revela ter tirado "peso enorme"

Atacante fez o gol que garantiu a vitória por 2 a 0 sobre o Santa Cruz, no Arruda, e a classificação do Leão para a final da Copa do Nordeste

postado em 04/05/2017 09:00 / atualizado em 04/05/2017 09:24

Ricardo Fernandes/DP
Principal e mais cara contratação do Sport para temporada, o atacante André estava há 12 jogos sem balançar as redes. Seu último gol havia sido na goleada por 5 a 0 sobre a Juazeirense, no dia 11 de março. Porém, o jejum de mais de um mês chegou ao fim. E da forma mais decisiva possível. Foi do camisa 90, aos 32 minutos do segundo tempo, o gol que garantiu a vitória por 2 a 0 sobre o Santa Cruz no Arruda e sacramentou a classificação rubro-negra para a final da Copa do Nordeste. Gol que fez o jogador, de 26 anos, ir às lágrimas após a partida.

"Emociona porque eu sei que a expectativa era grande desde a minha chegada. E eu nunca me omiti. Posso ter errado, mas nunca me escondi. E Deus honra quem trabalha. Por isso esse gol foi tão importante para mim e para o grupo", destacou o atacante, na saída do gramado. O gol diante dos corais foi o sexto de André na temporada. O quarto na Copa do Nordeste.

"Tirei um peso enorme. Até porque a família sofre muito com tudo isso. Até mais que a gente. Sei da minha qualidade. Não tenho mais 18 anos. Não foi a primeira vez que passo por isso. Mas Deus abençoa quem trabalha", repetiu André, que ganhou elogios especiais do técnico Ney Franco.

O treinador revelou que antes da partida teve uma conversa particular com o atacante. Na qual assegurou que ele iria participar de todo o clássico. Independentemente do que acontecesse em campo. "O André no último jogo já havia feito um bom jogo. E após a palestra falei para ele que iria jogar o tempo todo. Eu editei um material e mostrei o quanto ele ajudava a equipe na parte tática. É um jogador de muita confiança e muito experiente. Tomara que com esse gol agora abra a porteira. Ele tem condições de ser o nosso artilheiro em todas as competições", encerrou Ney Franco.