Futebol Nacional

SPORT

Com um a mais em campo, Sport vira, mas sofre empate no final contra Ponte e fica no G4

Rubro-negro perdeu chance de assumir terceira colocação da tabela e abrir três pontos de vantagem para quinto, mas se mantém no G4 da Série B

postado em 24/08/2019 20:52 / atualizado em 24/08/2019 21:27

<i>(Foto: MATHEUS RECHE/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO)</i>
Pela nona vez na Série B, o Sport saiu de campo com apenas um ponto a mais na tabela. Dessa vez, o rival do empate foi a Ponte Preta, em mais uma igualdade sofrida nos minutos finais da partida. Os campineiros saíram na frente com gol contra de Adryelson, Hyuri respondeu imediatamente em um chute cruzado. A virada leonina veio com Hernane Brocador, de pênalti, mas Roger sacramentou o empate e manteve o Sport na quarta colocação do campeonato.

Com o empate, o Sport perdeu a chance de assumir a terceira colocação da Série B, mas se manteve no G4, com 30 pontos, apenas um a mais que o quinto, Cuiabá. A Ponte, por sua vez, perdeu uma posição e fica em oitavo, a três pontos da zona de acesso. O Sport volta a campo na próxima terça, quando recebe o terceiro colocado da Segunda Divisão, Atlético Goianiense, às 21h30.

O JOGO

Desde o início do primeiro tempo, a Ponte Preta criou mais lances de perigo. A equipe campineira centralizou suas jogadas de ataque pelo lado direito, mas encontrou dificuldade na finalização, que, na maioria das vezes, sobrava para defesas fáceis de Maílson. Para o Sport, as jogadas ofensivas também se concentravam no lado direito, com Hyuri, mas a concretização das jogadas também deixava a desejar.

Ao longo da etapa, o Sport se acertou na marcação e cresceu no jogo, mas a partida seguiu com muitos passes errados no meio de campo. Ao fim, o primeiro tempo foi relativamente equilibrado e, por vezes, centrado em jogadas rápidas de lançamento direto em tentativas de contra-ataque. Hernane Brocador criou as melhores chances rubro-negras. No final da etapa, Camilo, recebeu passe na pequena área e concretizou para o gol, mas a posição irregular, invalidou o tento alvinegro.

SEGUNDO TEMPO

O segundo tempo já começou com gol. Em cruzamento de Gérson Magrão, Roger, ex-atacante do Sport, e Adryelson dividiram a bola na pequena área e o zagueiro marcou contra. A resposta, porém, foi imediata, com Hyuri recebendo pela direita e acertando um lindo chute cruzado no ângulo de Ivan, goleiro da Seleção Brasileira.

Depois dos gols, o jogo ganhou mais emoção, com o Sport subindo a marcação e a Ponte Preta aumentado o ritmo no ataque. Em uma das subidas rubro-negras ao ataque, aos 26, Raul Prata driblou dois e foi derrubado na área ao que a arbitragem sinalizou pênalti. Logo na sequência, o meia-atacante Camilo fez falta dura em cima de Charles e levou o vermelho direto.

Com um a menos, a Ponte Preta reduziu bastante o ritmo, mas ainda assim, conseguiu chegar ao gol de empate - mais um sofrido pelo Sport nos minutos finais. Se a lei do ex passou perto no primeiro gol pontepretano, ela foi concretizada no empate da Macaca. Em confusão na área, a bola bateu na cabeça de Marcão, encobriu Maílson e sobrou para Roger concretizar no Moisés Lucarelli.

FICHA DO JOGO
 
Ponte Preta 2
Ivan; Diego Renan, Airton (Alex Maranhão), Reginaldo e Henrique Trevisan; Edson, Camilo, Gerson Magrão (Arnaldo), Rafael Longuine (Matheus Vargas) e Marquinhos; Roger. Técnico: Jorginho.

Sport 2
Maílson; Norberto, Rafael Thyere, Adryelson e Raul Prata; Marcão, Charles e Juninho (Leandrinho); Hyuri (Yan), Guilherme e Hernane Brocador (Élton). Técnico: Guto Ferreira.

Local: Moisés Lucarelli, em Campinas/SP
Árbitro: Paulo Roberto Alves Júnior (PR)
Assistentes: Rafael Trombeta e Jefferson Cleiton (ambos do PR)
Gols: Adryelson [Contra] (4’ do 2º T) e Roger (41’ do 2º T) (PON); Hyuri (9’ do 2º T) e Hernane Brocador [Pênalti] (29’ do 2º T) (SPO)
Cartões Amarelos: Aírton, Henrique Trevisan, Marquinhos, Edson (PON); Hyuri (SPO)
Cartão Vermelho: Camilo (PON)
Público: 3.639 torcedores

Tags: mnh