Futebol Nacional

Mordidos

Para Zé Teodoro, descrédito com o Náutico aumenta a motivação do time

Técnico lembrou que para muitos, o Timbu já está rebaixado à Série B. "Acho muito cedo para fazer esse tipo de análise", disse.

postado em 06/08/2013 18:36 / atualizado em 06/08/2013 18:53

João de Andrade Neto /Esportes

Ricardo Fernandes/DP/D.A Press
Na era dos pontos corridos, sempre que o Náutico participa da Série A do campeonato Brasileiro, logo é apontado como um dos principais candidados ao rebaixamento. E este ano, com o clube na lanterna, não é diferente. Para o técnico Zé Teodoro, o descrédito pode servir como mais um elemento motivador para que a equipe consiga um bom resultado diante do Goias, nesta quarta-feira, no Serra Dourada.

"Para o Brasil inteiro, o Náutico já é um dos times rebaixados. Mas hoje na zona de rebaixamento não tem só o Náutico. Dois grandes clubes também estão nela (São Paulo e Atlético-MG). Acho muito cedo para fazer esse tipo de análise. O próprio Goiás e o Fluminense já foram dados como rebaixados anos atrás e conseguiram sair. Quem tiver as peças para se arrumar durante a competição vai conseguir deixar essa situação. E é o que nós pretendemos", afirmou o treinador.

Para Zé Teodoro, apesar do Goiás (13º colocado) estar a seis pontos do Náutico, o duelo desta quarta-feira é um duelo direto contra a queda. "É um confronto direto. Dentro das possibilidades, estudamos a melhor estratégia para tentar neutralizar as principais jogadas do Goiás. Mas quando tivermos a posse da bola temos que atacar e impor nossa atitude", completou. "Se perdermos do Goiás, vamos perder todo o clima de confiança que recuperamos com a vitória sobre o Internacional", encerrou.