Futebol Nacional

NÁUTICO

Gilmar Dal Pozzo vê sequência em casa como chance de 'consolidar trabalho' no Náutico

Há 65 dias à frente do time, treinador busca dar fim às oscilações em busca de equilíbrio na equipe e entrada no G4 da Terceirona

postado em 19/07/2019 12:00 / atualizado em 19/07/2019 12:06

<i>(Foto: Léo Lemos/ CNC)</i>
A vitória do Náutico contra o Ferroviário no Castelão foi expressiva. Afinal, a equipe cearense é líder da Série C e até então estava invicta atuando dentro de casa. A atuação do Timbu no confronto e a sequência que o time terá como mandante dá margem, na visão do técnico Gilmar Dal Pozzo, para algo há muito buscado por ele: regularidade e consistência no trabalho à frente do Alvirrubro. O treinador está há pouco mais de dois meses comandando o time.

“Projetando a médio e longo prazo já faz algum tempo na competição que queremos consolidar o trabalho com continuidade e resultado. E é com isso que estamos preocupados. Até porque agora se tiver algum tropeço e a gente não conseguir o resultado há uma possibilidade muito grande de ficar fora do G4”, disse Dal Pozzo.

O ‘tropeço’ que o treinador se refere é no duelo contra o Treze-PB, neste domingo, às 17h, no estádio dos Aflitos, pela 13ª rodada da competição. A partida ante o Galo da Borborema é a primeira das duas consecutivas nos Aflitos - a seguinte é diante do Confiança. Oportunidade também, aliás, para se aproximar da meta estipulada visando passar de fase.

Caso vença o confronto frente à equipe paraibana, inclusive, o Náutico conseguirá algo inédito: ganhar dois jogos em sequência na competição. Com isso, daria uma pausa na oscilação dos resultados na Terceirona, tecla batida pelo técnico em quase todas as entrevistas coletivas.

“Então o grande desafio agora, além de buscar o resultado contra o Treze, é manter uma regularidade e consolidar trabalho”, concluiu.