Futebol Nacional

CAMPEONATO BRASILEIRO

Ricardo Goulart ganha a Bola de Ouro 2014 e mineiros ficam com mais quatro prêmios

Goulart, Lucas Silva, Marcos Rocha e Tardelli entraram na seleção Bola de Prata

postado em 08/12/2014 14:40 / atualizado em 08/12/2014 18:23

Redação /Superesportes

Reprodução Instagram

O meia-atacante Ricardo Goulart, do Cruzeiro, recebeu nesta segunda-feira, em São Paulo, a Bola de Ouro de 2014 pelo seu desempenho no Campeonato Brasileiro. O prêmio, concedido pela Revista Placar e pelo canal ESPN, leva em conta notas recebidas pelos jogadores durante toda a competição. O cruzeirense terminou com a média mais alta,  6,46, e foi eleito o craque dessa edição.

Goulart recebeu a inédita Bola de Ouro das mãos de outro ídolo da torcida celeste: Sorín. "Mereceu muito e apareceu melhor justamente quando a peteca estava caindo. Ele merece realmente essa Bola de Ouro e está hoje na Seleção Brasileira", destacou o argentino.

Goulart se emocionou com o troféu. ”Quero agradecer à minha esposa, faz cinco anos que está do meu lado, não foi fácil chegar aqui. Dedico ao coletivo, ao grupo do Cruzeiro. Nas entrevistas sempre frisei o grupo, sempre frisei primeiro o título, depois naturalmente as coisas fluem e hoje estou recebendo essa Bola de Ouro, a Bola de Prata. Dedico também à torcida do Cruzeiro, que me aceitou, me acolheu, o Sorín sabe dessa paixão. Ela dá confiança, dá tranqüilidade, e quando você mais precisa, ela te dá apoio. Me sinto em casa no Cruzeiro”, declarou o cruzeirense.

Na mesma cerimônia, Ricardo Goulart recebeu a Bola de Prata como um dos melhores meias do Brasileirão. O segundo armador da seleção foi Paulo Henrique Ganso, do São Paulo, que terminou com média 6,41 e foi o principal concorrente do cruzeirense pela Bola de Ouro.

O outro cruzeirense premiado com a Bola de Prata foi o volante Lucas Silva, que teve média 6,10. “Na minha vida sempre foi assim, as coisas aconteceram muito rápido. Tenho uma família que me deu um suporte bom, fazendo com que cada mérito que acontecesse não subisse à minha cabeça, não se transformasse em algo ruim. Hoje colho os frutos, sensação muito grande recebendo a Bola de Prata, uma premiação muito grande, e eu tão jovem”. Aos 21 anos, Lucas já é assediado pelo Real Madrid.

Do Atlético, quinto colocado no Brasileiro, entraram na seleção Bola de Prata o lateral-direito Marcos Rocha, com média 6,05, e o atacante Diego Tardelli, com média de 6,38.
Instagram


O lateral do Galo disse que o segredo de mais um ano jogando em alto nível foi o foco no trabalho. “É treinamento, foco no meu trabalho. Procuro buscar alternativas para surpreender meus adversários. Quero dedicar esse prêmio aos funcionários do Clube Atlético Mineiro, eles também são importantes para nós jogadores. São pessoas que não aparecem muito, mas estão dando suporte aos meus companheiros. Dedico também à minha família”.

Tardelli recebeu o prêmio das mãos do também ídolo atleticano Marques e festejou o prêmio num ano vitorioso com a camisa alvinegra. “Quero agradecer a Deus, à minha família, minha esposa Linda, meus filhos Diego e Pietra, meu pai e minha mãe e minha avô Celina, que acabou falecendo na semana passada. É uma honra receber esse prêmio das mãos do Marques. Esse ano foi um trabalho muito especial, retornar à Seleção Brasileira, fazer gols importantes, conquistar títulos importantes com o Atlético”, disse Tardelli, campeão da Copa do Brasil e da Recopa em 2014.

Por fim, os troféus Chuteira de Ouro 2014 foram entregues aos atacantes Barcos, do Grêmio, e Fred, do Fluminense, com 58 pontos nos critérios da premiação.

SELEÇÃO BOLA DE PRATA 2014:

Goleiro: Marcelo Grohe (Grêmio, 6,30)

Zagueiros: Rafael Toloi (São Paulo, 6,03) e Gil (Corinthians, 6,03)

Laterais: Marcos Rocha (Atlético, 6,05) e Zé Roberto (Grêmio, 6,03)

Volantes: Lucas Silva (Cruzeiro, 6,10) e Aránguiz (Internacional, 6,10)

Meias: Ricardo Goulart (Cruzeiro, média 6,46) e Paulo Henrique Ganso (São Paulo, 6,41)

Atacantes: Diego Tardelli (Atlético, 6,38) e Paolo Guerrero (Corinthians, 6,29)

BOLA DE OURO: Ricardo Goulart (Cruzeiro, 6,46)

CHUTEIRA DE OURO: Fred (Fluminense) e Barcos (Grêmio), ambos com 58 pontos

Tags: lucas silva marcos rocha goulart tardelli seriea crut libertadores cruzeiroec atleticomg