Futebol Nacional

FUTEBOL NACIONAL

Sem renovação de contrato, goleiro Dida segue no futebol e estuda para ser treinador

Aos 42 anos, atleta está fazendo estágio com a comissão do Internacional

postado em 16/02/2016 14:43 / atualizado em 16/02/2016 14:53

Reprodução/Internacional
Um dos goleiros mais importantes da história do futebol brasileiro, com participação em três Copas do Mundo, Dida está sem clube. Acostumado a falar pouco, o agora ex-goleiro estava no elenco no Internacional no ano passado, mas não teve seu contrato renovado. Aos 42 anos, ele estuda para ser treinador.

Dida está fazendo estágio com a comissão técnica do Internacional e, de acordo com a assessoria de imprensa do clube ele ainda estuda propostas para seguir atuando. Enquanto não decide seu futuro como jogador, já pensa na pós-carreira, aproveitando a oportunidade dada pela Inter.

"A diretoria abriu as portas para mim e estou tentando aproveitar ao máximo. Conheço todos por aqui e guardo um grande carinho. Só tenho a agradecer ao Inter. O ambiente, os torcedores e o grupo são excelentes, sempre me motivaram a trabalhar para me manter em alta performance", comentou Dida.

Antes de se tornar treinador, entretanto, Dida quer se capacitar: "O importante é estar sempre buscando conhecimento. Estou procurando aprender mais em termos técnicos e táticos para antecipar etapas."

Na carreira como jogador, Dida defendeu o Vitória, o Cruzeiro, o Corinthians e fez história pelo Milan. Quando parecia já em fim de carreira, voltou ao Brasil para jogar pela Portuguesa, mostrou serviço, e se transferiu ao Grêmio. Ele ainda atuou pelo Inter em 2014, mas passou o ano passado inteiro encostado.

Alguns atletas que atuaram com Dida durante a carreira dele já são treinadores. É o caso de Deivid, que comanda o Cruzeiro, Doriva, atualmente no Bahia, além de Alexandre Gallo e Adilson Batista, que são um pouco mais velhos e estão desempregados. Dida e o técnico do Inter, Argel Fucks, nunca jogaram juntos, ainda que tenham sido rivais diversas vezes. Dida é um ano mais velho que Argel.

Tags: selefut gremiors portuguesasp corinthianssp cruzeiroec internacionalrs futnacional