Futebol Nacional

COVID-19

Daniel Alves pede que Bolsonaro cuide da população em vez de mandá-la para a rua

Lateral-direito se manifestou ao ser questionado a respeito de paralisações em todo o país como forma de prevenção ao novo coronavírus

postado em 25/03/2020 18:25 / atualizado em 25/03/2020 18:48

(Foto: Lucas Figueiredo/CBF)
Depois de criticar o pronunciamento feito pelo presidente Jair Bolsonaro na noite de terça-feira, no qual minimizou os riscos de contágio pelo novo coronavírus, o lateral-direito Daniel Alves se viu envolvido em grande polêmica nas redes sociais. Ele recebeu muito apoio, tendo sido replicado por jogadores como o zagueiro Arthur, do Cruzeiro. mas também foi bastante criticado, se sentindo no dever de responder alguns comentários.

Questionado por um internauta para quem o presidente “está vendo o lado de pessoas”, como ele, que se disse “pai de família, autônomo, sem conforto algum, sem reserva para ficar tanto tempo parado”, o ídolo do futebol brasileiro rebateu: “Então ele deveria cuidar de vocês nesse período difícil, em vez de mandá-los para a rua, deveria ajudar vocês no tempo em que estiverem parados...por isso e para isso se supõe que pagamos impostos, não? Mais importante que dinheiro é saúde e se não tem saúde não tem nada”.

Outro seguidor argumentou que o são-paulino ficou muito tempo na Europa, “ganhando milhões” e, por isso, “não acompanhou o que os últimos presidentes fizeram com o país para tecer um comentário desse!”. “Você acredita mesmo que o Estado tem capacidade para bancar 80% da população brasileira?” A resposta foi direta: “Não estou aqui para crer no que eles fazem ou deixam de fazer...venho aqui expressar minha opinião como ser humano”.

Já no fim da tarde desta quarta-feira, Daniel desabafou em relação aos críticos. “C (*), o povo acha que sou de esquerd,a quando apenas prezo por eles e pelas pessoas que estão se desdobrando para salvá-los. Mais vale ter dinheiro ou saúde? É a pergunta que não quer calar. Ter dinheiro e ser doentes irão gastar tudo para tentar ficar bom. Só Jesus na causa!”.

A publicação de Daniel Alves, que teve quase 800 mil curtidas e mais de 15 mil comentários, foi o seguinte: “Senhor presidente, respeito muito a sua presidência, respeito muito a vossa senhoria, mas são muitas famílias e muitas pessoas trabalhando em prol do combate a essa pandemia e o senhor, como a pessoa mais importante desse país, deveria também prezar pelo bem do nosso país e do nosso povo. É um momento muito difícil para o mundo e para nossa população, não devemos desfazer dessa situação, sobre tudo se não temos cura para ela. Como um humilde cidadão eu venho expressar a minha opinião, pois não quero viver sem poder compartilhar momentos com as pessoas nem viver com medo delas. QUE DEUS ABENÇOE O BRASIL E O MUNDO!!”.

No próprio post, os comentários variaram. “Gigante nos gramados e nas palavras!! Não tem como trocarmos um capitão pelo outro na presidência não??”, escreveu um internauta, referindo-se à patente de Bolsonaro depois de se reformado pelo Exército Brasileiro. “Para você é fácil Daniel, ganhando R$ 1 milhão por mês. Mas e as pessoas que dependem do comércio pra viver?? Era melhor você ficar calado ou faça uma doação pras famílias que estão com seus negócios fechados!”, argumentou outro.

Tags: política selecao Daniel Alves Bolsonaro