Futebol Nacional

SÉRIE B

Guia da Série B: times, reforços e projeções de jornalistas [parte 1]

Veja análises de profissionais responsáveis pelas coberturas dos clubes

postado em 24/05/2021 06:00 / atualizado em 24/05/2021 16:23

(Foto: Montagem com fotos de divulgação dos clubes)
Com a ambição de alcançar uma vaga na elite do futebol nacional, 20 clubes iniciam, na próxima sexta-feira, a disputa da Série B do Campeonato Brasileiro. O torneio será histórico em 2021, já que cinco campeões da Série A - número recorde - estão entre os participantes (Botafogo, Coritiba, Cruzeiro, Guarani e Vasco).

O Superesportes apresenta, a partir desta segunda-feira, um guia completo da Série B. O conteúdo foi dividido em quatro partes (cinco clubes por dia) e será publicado até quinta-feira, véspera do início do torneio.

Abaixo, veja o desempenho das equipes nos estaduais, as contratações realizadas para a competição nacional, prováveis escalações, os destaques e artilheiros. Além disso, repórteres espalhados pelas mais diferentes regiões do Brasil detalham as expectativas em torno dos clubes. 

Veja, abaixo, informações e análises sobre Avaí, Botafogo, Brusque, Brasil de Pelotas e CRB:



  • Nome do clube: Avaí Futebol Clube
  • Posição no último Brasileiro: 9º lugar na Série B
  • Desempenho no Estadual: Campeão ou vice-campeão - segundo jogo da final será na quarta-feira. Na ida, venceu a Chapecoense por 2 a 1 (até aqui: 16 jogos, 10 vitórias, 4 empates e 2 derrotas - aproveitamento de 70,8%)
  • Técnico: Claudinei Oliveira
  • Artilheiro em 2021: Edilson (3 gols)
  • Destaque: Bruno Silva (volante)
  • Reforços para o Brasileiro: Não anunciou reforços no mês de maio

Polidoro Júnior, canal do Polidoro

O Avaí entra na disputa de mais uma Série B do Brasileiro focado na permanência, que é o primeiro objetivo. O treinador Claudinei Oliveira conseguiu ajustar o sistema defensivo, o que é um problema a menos. No meio-campo e no ataque os problemas continuam, principalmente nas finalizações. 

O Avaí tem como característica manter a posse de bola - na maioria dos jogos ultrapassa os 60%. O problema está na falta de gols e de um artilheiro nato. Por ter tradição na Série B, o Avaí reúne condições de brigar pela permanência. Eu acredito em conquistar algo maior, desde que consiga contratar um meia de qualidade e um atacante de referência.


  • Nome do clube: Botafogo de Futebol e Regatas
  • Posição no último Brasileiro: 20º lugar na Série A
  • Desempenho no Estadual: Vice-campeão da Taça Rio e 7º colocado da Taça Guanabara (15 jogos, 5 vitórias, 7 empates e 3 derrotas - 48,9% de aproveitamento)
  • Técnico: Marcelo Chamusca
  • Artilheiro em 2021: Matheus Babi (4 gols - já deixou o clube)
  • Destaque: Pedro Castro (Pedro Castro)
  • Reforços para o Brasileiro: Não anunciou contratações em maio, mas tem negociações avançadas com Daniel Borges (lateral-direito), Luis Oyama (volante) e Chay (atacante) 



Renan Damasceno, O GloboO Botafogo deste ano tem um cenário ainda mais nebuloso do que o de 2020. Não só pelo dinheiro bem menor que vai faturar na Série B, mas também porque é um time mergulhado em dívidas e com incógnitas em relação ao processo de transformação em clube-empresa.

Neste ano, a equipe é pior que a do ano passado. Perdeu o Pedro Raul, que era uma referência no ataque, o Marcelo Benevenuto, zagueiro consistente, e o Matheus Babi, que chegou depois do Campeonato Carioca de 2020 e se encaixou bem. A equipe precisa melhorar muito em vista do que apresentou no Estadual para ter alguma pretensão na Série B, que será extremamente disputada em 2021.


  • Nome do clube: Brusque Futebol Clube
  • Posição no último Brasileiro: 2º lugar do Grupo 1 (2ª fase) da Série C
  • Desempenho no Estadual: Eliminado na semifinal (15 jogos, 7 vitórias, 6 empates e 3 derrotas - 60% de aproveitamento)
  • Técnico: Jerson Testoni
  • Artilheiro em 2021: Thiago Alagoano (7 gols)
  • Destaque: Thiago Alagoano (meia)
  • Reforços para o Brasileiro: Juliano (volante) e John Cley (meia-atacante)



Rodrigo Santos, da TV Brusque: O time vai brigar por permanência na Série B. É tudo muito novo. Time subiu da Série D para a Série C em 2019 e já está na Série B em 2021. Tem muito ainda o que evoluir para alcançar outra coisa. Está com uma folha de pagamento que nunca teve, é tudo muito novo. A ideia é permanecer na Série B para seguir com o mesmo patamar de orçamento. 

É um time que tem um DNA ofensivo. Trabalha sempre com três atacantes. Tenta trabalhar com transição forte, usando bastante o Thiago Alagoano, que é o 10 e referência do time. O treinador (Jerson Testoni) é formado na cidade, foi jogador das categorias base nos anos 1990, é aqui da região. É treinador desde 2019, antes trabalhou como auxiliar. Diria que ele é um profissional bem pragmático. 



  • Nome do clube: Grêmio Esportivo Brasil
  • Posição no último Brasileiro: 12º lugar na Série B
  • Desempenho no Estadual: 9º lugar (11 jogos, 3 vitórias, 3 empates e 5 derrotas - 36,4%) 
  • Técnico: Cláudio Tencati
  • Artilheiro em 2021: Bruno Paraíba, com 3 gols (já deixou o clube)
  • Destaque: Ícaro (zagueiro)
  • Reforços para o Brasileiro: Vitor Luiz (goleiro) e Fabrício (atacante). Tem negociações avançadas com o volante Denilson, o zagueiro Arthur e o atacante Welinton, os três ex-Cruzeiro. 


Eduardo Torres, Rede Esportiva: O Brasil vai pelo sexto ano seguido disputar a Série B e mais uma vez a meta é se manter na competição para a próxima temporada. Nesses seis anos, esse é o mais difícil em relação às finanças. Por isso, a aposta é parceria com Atlético, Cruzeiro, Grêmio, com muitos jogadores emprestados. Esses clubes subsidiam parte dos salários.

A equipe passa por grande reestruturação em relação ao Estadual, quando o Brasil teve desempenho fraquíssimo. Não foi rebaixado por um detalhe. Apesar de ter mantido o técnico Tencati, vai ser outro time, possivelmente com nova ideia de jogo, completamente reformulado em relação aos jogadores. Já saíram muitos, outros vão sair e todo dia tem jogador novo chegando.


  • Nome do clube: Clube de Regatas Brasil
  • Posição no último Brasileiro: 10º lugar na Série B
  • Desempenho no Estadual: Vice-campeão (12 jogos, 7 vitórias, 3 empates e 2 derrotas - 66,7% de aproveitamento)
  • Técnico: Allan Aal
  • Artilheiro em 2021: Lucão (9 gols)
  • Destaque: Gum (zagueiro)
  • Reforços para o Brasileiro: Wesley Frazan (zagueiro) e Allan Aal (treinador)


Luciano Costa, Rádio Maceió 1020O primeiro objetivo do CRB na Série B do Brasileiro é garantir a permanência na competição. O clube tem um novo presidente, que foi aclamado no dia 1º de abril. A principal virtude foi ter conseguido renovar com a base do time de 2020. A nova diretoria também tem como objetivo o acesso para a Série A.

*Nesta segunda-feira, o CRB demitiu o técnico Roberto Fernandes e anunciou a contratação de Allan Aal. 

Tags: serieb cruzeiroec interiormg futnacional botafogorj crbal mercadobola