Goiás

COPA DO BRASIL

Vasco perde para o Goiás e se complica na Copa do Brasil em jogo com tumulto

Revoltada, parte da torcida vascaína protagonizou confusão

postado em 12/03/2020 23:39 / atualizado em 13/03/2020 00:15

(Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)
O Vasco segue com o desempenho ruim na temporada e nesta quinta-feira foi derrotado por 1 a 0 pelo Goiás, em São Januário, no duelo de ida da Terceira Fase da Copa do Brasil. Com o resultado, os goianos jogam pelo empate no confronto de volta, em Goiânia, na próxima semana.

O Goiás foi mais organizado durante os 90 minutos e marcou o gol da vitória no primeiro tempo, com Fábio Sanches. O Vasco mais uma vez mostrou dificuldade na criação das jogadas e pouco incomodou o goleiro Tadeu. Os mais de 17 mil vascaínos presentes não economizaram nas vaias, principalmente para o presidente Alexandre Campelo e para o técnico Abel Braga. Houve também confusão nas arquibancadas nos minutos finais do jogo.

O confronto de ida entre as equipes está marcado para a próxima quinta-feira, no Estádio Olímpico, em Goiânia. O jogo será realizado com portões fechados por determinação do governo goiano por conta da pandemia de coronavírus.

O JOGO 

A partida começou em ritmo acelerado. O Goiás surpreendeu ao buscar o ataque e criou a primeira chance logo aos dois minutos, em chute de Rafael Moura que foi para fora. A resposta veio na bicicleta de Cano que parou em Tadeu.

O Goiás aproveitava o nervosismo dos donos da casa e quase abriu o placar aos dez minutos. Rafael Moura tabelou com Daniel Bessa e chutou para grande defesa de Fernando Miguel. No minuto seguinte, Keko acertou bela bicicleta, mas viu o goleiro cruzmaltino fazer mais uma grande defesa.

Depois disso, o duelo ficou equilibrado, com a marcação das duas equipes levando a melhor sobre os ataques. Somente aos 23 minutos, o Vasco chegou a balançar as redes, mas German Cano usou a mão para colocar a bola para o gol. Com isso, o placar não foi aberto em São Januário. Os visitantes responderam em seguida. Keko cobrou falta na área, mas viu a bola ir no travessão.

Na parte final, o jogo continuava equilibrado até os 43 minutos, quando o Goiás abriu o marcador. Após cruzamento, a bola foi desviada e Fábio Sanches apareceu sozinho para mandar para a rede e deixar os visitantes a frente no intervalo.

No segundo tempo, o Vasco pressionou desde o início, mas só conseguiu finalizar pela primeira vez aos nove minutos, em chute de Marrony. O Goiás apenas se defendia e impedia a criação de boas chances dos donos da casa.

Já aos 14 minutos, Raul chutou da entrada da área e obrigou Tadeu a fazer grande defesa. A partir dai, o jogo virou praticamente um ataque contra defesa.

O Goiás conseguiu, ao longo da etapa final, impedir que o Vasco conseguisse chegar com perigo. Os cruzmaltinos seguiram mostrando a falta de capacidade em criar bons lances.

Nos minutos finais, o Vasco tentou pressionar em busca do empate, mas viu o Goiás se fechar de vez para segurar a vitória em São Januário.

VASCO 0 x 1 GOIÁS

VASCO
Fernando Miguel, Yago Pikachu, Leandro Castán, Werley e Henrique; Andrey, Raul (Benítez) e Freddy Guarín (Juninho); Marrony, Vinícius (Ribamar) e Germán Cano
Técnico: Abel Braga

GOIÁS
Tadeu; Juan Pintado, Fábio Sanches, Rafael Vaz e Caju; Sandro, Léo Sena (Breno) e Daniel Bessa; Keko (Vinícius), Rafael Moura e Victor Andrade (Mike)
Técnico: Ney Franco

Local: Estádio de São Januário, Rio de Janeiro (RJ)
Data: quinta-feira, 12/03/2020
Árbitro: Thiago Duarte Peixoto (SP)
Assistentes: Miguel Ribeiro da Costa (SP) e Luiz Alberto Nogueira (SP)
Renda: R$ 612.420,00
Público: 17.514 pagantes
Cartões amarelos: Raul, Andrey, Ribamar e German Cano (Vasco); Sandro (Goiás)
GOL: Fábio Sanches, aos 43min do 1T

Tags: vasco copadobrasil são januário goiasgo