Grêmio

CAMPEONATO BRASILEIRO

Descansado, Corinthians recebe Grêmio e inicia maratona de 10 jogos em um mês

Tricolor gaúcho vem de um início ruim no Brasileirão

postado em 11/05/2019 09:35 / atualizado em 11/05/2019 09:38

<i>(Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians)</i>
O Corinthians teve a semana livre para treinar e neste sábado, às 19 horas, em Itaquera, encara o Grêmio no início de uma maratona de 10 jogos em um mês, que só terminará com a parada para a Copa América.

O primeiro duelo da sequência é válido pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro, competição na qual o time alvinegro ainda não acordou e soma até aqui uma vitória, um empate e uma derrota. O adversário vem de vitória com direito a classificação na Libertadores no meio da semana e irá a campo com força máxima.

"O Grêmio é um dos grandes desta competição. Querendo ou não, tem um estilo diferente, fica bastante com a bola, tem atacantes rápidos. Não que as outras equipes não tenham qualidade, mas o Grêmio já provou que tem. A gente tem de estar pronto para isso, enfrentá-los, resistir a essa qualidade deles e pôr em prática o que treinamos. A gente pediu tanto essa semana livre para treinar e conseguiu isso agora. É um grande teste para a gente", disse o volante Junior Urso, que ainda não sabe se começará a partida, em entrevista coletiva nesta sexta-feira.

Urso volta de lesão muscular e disputa posição com Ramiro. Como ficou parado por quase um mês, ainda não tem condições de atuar nos 90 minutos. Com isso, Fábio Carille não definiu se o utilizará desde o início.

Além dele, o treinador poderá contar novamente com o zagueiro Henrique e o lateral-esquerdo Danilo Avelar, recuperados de lesão. O lateral-direito Fagner e o zagueiro Manoel também estão de volta após terem sido poupados no empate do último sábado com o Vasco.

Carille não confirmou a escalação, mas a novidade deve ser a presença de Matheus Vital na vaga de Pedrinho. O treinador, junto com a comissão técnica, tem analisado o desgaste físico dos atletas. Isso porque, depois de encarar o Grêmio, na próxima quarta-feira o Corinthians enfrentará o Flamengo, em casa, no jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil. Em seguida, tem mais jogo do Brasileirão no final de semana e, então, a primeira partida da segunda fase da Copa Sul-Americana.

Até a parada da Copa América, torneio que começa em 14 de junho, o time alvinegro não vai ter mais folga durante a semana. Em um mês terá definida sua situação na atual fase dos dois torneios mata-mata e feito dois clássicos pelo Brasileirão - contra o São Paulo, dia 25, em casa, e depois diante do Santos, em 12 de junho, fora.

"Não tenho como escolher se é quarta e domingo, o que vier pela frente a gente tem que se adaptar, somos profissionais. Quero retomar minha melhor condição física e ajudar o Corinthians", disse Urso.

Com um início ruim, que contou com um empate e duas derrotas, uma delas sofrida de virada de maneira inacreditável para o Fluminense, o Grêmio busca seu primeiro triunfo no Brasileiro. O time gaúcho foi derrotado na estreia pelo Santos, empatou com o Avaí na sequência e perdeu por 5 a 4 para o Fluminense na última rodada, em um jogo em que chegou a abrir 3 a 0 em 21 minutos. Os tropeços deixaram o time tricolor na 18ª colocação, com apenas um ponto somado.

Nas entrevistas durante a semana, o técnico Renato Gaúcho admitiu que seus comandados deram mole contra o Fluminense, mas garantiu que os vacilos não vão mais acontecer. Além disso, o treinador voltou a dizer que seus comandados jogam o melhor futebol do Brasil. O discurso foi antes da vitória por 2 a 0 sobre o Universidad Católica, do Chile, que confirmou a equipe no mata-mata da Copa Libertadores.

Renato Gaúcho não terá o zagueiro Paulo Miranda, o lateral-esquerdo Bruno Cortez e o atacante Diego Tardelli, que estão fora por problemas musculares, além do meia Jean Pyerre, ausente em razão de dores no ombro. Juninho Capixaba será o titular na lateral esquerda. 

No meio, Thaciano e Luan disputam a vaga de Jean Pyerre. O primeiro está em boa fase e foi decisivo ao marcar o segundo gol da equipe gaúcha na vitória no meio de semana. Tem sido a primeira opção quando Jean Pyerre não pode atuar. Já Luan ainda não recuperou o bom futebol de 2017, quando foi fundamental para o título da Libertadores, tanto que naquele ano foi eleito o "Rei da América", prêmio dado ao melhor jogador da América do Sul.

Luan não convenceu Renato Gaúcho de que está apto a retomar a sua posição. O camisa 7 ficou cinco jogos afastado neste ano para recuperar a forma física e não balança as redes desde o dia 24 de março, na goleada por 6 a 0 em cima do Juventude. A comissão técnica tem paciência com o jogador e não quer apressar o retorno. Assim, é mais provável que Thaciano, mais versátil e que conquistou a confiança do técnico, seja titular no duelo em São Paulo. 

"Estou tranquilo, com a cabeça boa. Tenho a confiança dos meus companheiros e do professor Renato. A gente sabe como é o futebol, então, tenho que aproveitar o momento", disse Thaciano.

Tags: gremiors nacional seriea corinthianssp