Grêmio

SÉRIE A

Corinthians desafia o Grêmio para entrar na briga pela taça

Titulares do time gaúcho voltam a entrar em campo pela Série A contra o quarto colocado

postado em 05/10/2019 06:30 / atualizado em 05/10/2019 10:39

<i>(Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians)</i>
 

O Corinthians não apresenta um futebol vistoso na temporada. O time ganha os jogos em sua maioria pela diferença mínima, mas a defesa consistente tem levado o time mais longe do que se imaginava. Depois de se sagrar tricampeão paulista no início do ano, a equipe do técnico Fabio Carille visita o Grêmio neste sábado, às 19 horas, em Porto Alegre, para tentar também brigar pela taça do Campeonato Brasileiro.


Sem chamar a atenção, o Corinthians somou três vitórias seguidas na competição, subiu para o quarto lugar na tabela colado no Santos - está atrás pelos critérios de desempate - e agora tenta diminuir a distância para o líder Flamengo, que hoje é de oito pontos. Um ponto a favor do time é que o rival carioca está disputando a reta final da Copa Libertadores.

"Quanto menos falem do Corinthians, melhor. Eu prefiro assim. Deixa falar que o título é dos outros e ficamos fazendo nosso trabalho pelas beiradas", comentou Vagner Love.

O Grêmio vem de dois resultados recentes ruins. No final de semana passado perdeu por 2 a 1 para o Fluminense, quando poupou alguns de seus titulares, e na quarta-feira empatou em casa por 1 a 1 com o Flamengo no jogo de ida da semifinal da Libertadores. Mesmo assim é um adversário que preocupa pela força ofensiva, especialmente pelo veloz trio de atacantes formado por Luan, Everton Cebolinha e Diego Tardelli. O técnico Renato Gaúcho, no entanto, não revelou se poupará alguns de seus jogadores.

"Tem peso grande vencer o Grêmio aqui (em Porto Alegre), te dá confiança para dar sequência ao trabalho. Jogar aqui é muito difícil, mas vencer aqui nos deixa numa condição boa, nos mantém no G-4, pode nos distanciar de outras equipes e ter uma boa sequência par aos jogos que vêm pela frente", destacou Love.

Carille ainda não deu pistas da escalação para a partida. Na vitória sobre a Chapecoense por 1 a 0 na quarta-feira, o treinador promoveu os retornos de Mateus Vital e Junior Urso ao time titular nas vagas de Sornoza e Ramiro, respectivamente. Essas duas posições continuam sendo as principais dúvidas na equipe. Existe também a possibilidade de Boselli ganhar uma chance no ataque para o time ganhar mais presença de área.

Para Love, não importa quem esteja ao seu lado. "A gente deixa a decisão para a comissão técnica. Eles estão vendo qual a melhor forma de jogar. Se jogar Boselli, eu ou Gustavo, todos farão o melhor jogo possível."

 

Titulares voltam

 

Além do Corinthians, o Grêmio enfrentará Ceará, Atlético-MG, Bahia e Fortaleza antes da decisão contra o Flamengo. Firmando-se na briga pelo G6, a ideia, posteriormente, é brigar para entrar no grupo dos quatro melhores times que garantem vaga na fase de grupos da Libertadores.

"A gente tem nosso objetivo no meio disso tudo, que é o Brasileiro. Temos que pensar nesses jogos. Temos que virar a chavinha, tem jogo importante no sábado e temos objetivo no Brasileiro. A gente pega a lição que não podemos deixar de criar", avaliou o zagueiro David Braz, que deve ser novamente titular, já que Geromel ainda se recupera de lesão.

Geromel e Maicon participaram das últimas atividades com o elenco, mas ainda não estão 100% fisicamente. O volante está mais perto de sua forma plena, visto que atuou por dez minutos contra o Flamengo. Já Kannemann ficou de fora do último treinamento e virou dúvida. Se ele não puder atuar, a tendência é de que Paulo Miranda seja escalado.

Dessa maneira, sem a volta dos lesionados - o lateral-direito Leonardo Gomes e o meia Jean Pyerre também estão se recuperando de lesão - e se Kannemann for liberado para jogar, o time deve ser o mesmo que empatou em 1 a 1 com o Flamengo na última quarta. 

 

Tags: seriea corinthianssp gremiors futnacional