CAMPEONATO MINEIRO

Michael pega pênalti, e Atlético vence Uberlândia na estreia de Dudamel

No primeiro jogo da temporada, time alvinegro contou com gol de pênalti de Fábio Santos para largar com vitória no Campeonato Mineiro

postado em 21/01/2020 23:25 / atualizado em 22/01/2020 01:57

(Foto: Bruno Cantini/Atlético)

No sétimo ano de Atlético - o quarto como profissional -, Michael, enfim, teve a oportunidade de disputar uma partida pela equipe principal pela primeira vez na noite desta terça-feira. E o jovem goleiro de 24 anos brilhou, pegou um pênalti e garantiu a vitória alvinegra por 1 a 0 sobre o Uberlândia, no Parque do Sabiá, pela rodada de abertura do Campeonato Mineiro - que marcou a estreia do técnico Rafael Dudamel.

Aos 21 minutos do primeiro tempo, Fábio Santos, com a tradicional tranquilidade, cobrou pênalti sofrido pelo estreante Hyoran e marcou o único gol da partida. Tempos depois, o lateral-esquerdo cometeu a penalidade defendida por Michael.

Durante o jogo, o Atlético alternou bons e maus momentos. O time alvinegro foi bem nos 30 minutos iniciais, mas caiu de rendimento fisicamente e tecnicamente a partir daí. Tanto é que o Uberlândia finalizou o dobro de vezes: 16 contra oito. Os donos da casa, porém, finalizaram sem precisão.

Com a vitória sobre o Uberlândia e o empate entre Coimbra e URT, o Atlético assume a liderança provisória da competição, com três pontos. Outros quatro jogos, nesta quarta-feira, fecham a rodada inicial: Tupynambás x Tombense; América x Caldense; Patrocinense x Villa Nova; e Cruzeiro x Boa Esporte.

Atlético e Uberlândia voltam a campo pela segunda rodada do Estadual neste fim de semana. Às 19h deste sábado, o time do Triângulo Mineiro visita a Caldense, no Ronaldão, em Poços de Caldas. No domingo, a equipe alvinegra recebe o Tupynambás, no Independência, a partir das 16h.


Michael brilha

Ao longo dos 48 minutos do primeiro tempo no Parque do Sabiá, foi possível perceber algumas ideia do técnico Rafael Dudamel testadas na “misteriosa” pré-temporada do Atlético na Cidade do Galo. Na zaga, Gabriel ganhou a vaga de Igor Rabello como parceiro de Réver. De volta do Botafogo, o jovem de 24 anos atuou pela esquerda, com o capitão de volta à direita - setor que havia deixado na maior parte de 2019.

A defesa alvinegra pouco sofreu nos primeiros minutos da partida. Como era esperado, o Atlético tomou as rédeas da partida e construía ofensivamente sempre com a bola no chão. Era possível ouvir os insistentes gritos de Dudamel para que a equipe trocasse passes rápidos para envolver a defesa adversária. Os principais responsáveis por isso eram Jair e o estreante Allan, que, mais avançados, formavam um surpreendente trio de volantes com Zé Welison.

Também estreante, Hyoran apareceu bem no primeiro tempo. Do lado esquerdo até os 30 minutos - depois inverteu com Marquinhos e foi para a direita -, o meia-atacante de 26 anos construiu boas jogadas e sofreu o pênalti aos 20 minutos da etapa inicial. Na cobrança, Fábio Santos, com a rotineira tranquilidade, deslocou o goleiro Rafael e abriu o placar para os visitantes: 1 a 0.

Apesar da vantagem no marcador, os gritos e as cobranças de Dudamel continuaram. Aos poucos, porém, o Uberlândia foi ganhando campo e ficando mais com a bola. Os donos da casa até conseguiam trocar passes no campo ofensivo, mas pecavam nas finalizações. No primeiro chute na direção do gol, brilhou o goleiro Michael.

Aos 40 minutos, o centroavante Felipe Alves cobrou pênalti feito por Fábio Santos. Formado na base alvinegra, o jovem arqueiro de 24 anos - que disputava uma partida como profissional pelo Atlético pela primeira vez - pulou convicto no canto direito, fez bela defesa e manteve a vantagem no placar. “Estou há mais de dois anos sem jogar. E estrear desse jeito é para animar qualquer um. Espero ter sequência, fazer grandes defesas e ajudar o Atlético”, disse o goleiro, em entrevista ao canal Premiere na saída para o intervalo.

Segundo tempo morno

No segundo tempo, o ritmo do jogo caiu, como era esperado especialmente do lado do Atlético. Foram apenas 13 dias de pré-temporada, que se iniciou em 8 de janeiro. O Uberlândia, por outro lado, começou a preparação para o Campeonato Mineiro em 29 de novembro.

Para tentar compensar a diferença de preparação física, o Atlético tentava trabalhar mais a bola. Quando não tinha a posse, sofria sustos em finalizações para fora do Uberlândia, especialmente com Dija Baiano. Na tentativa de retomar o controle ofensivo e dar mais “gás” ao time, o técnico Rafael Dudamel já fez duas alterações logo no começo do segundo tempo: Ramón Martínez e Maicon Bolt entraram, respectivamente, nas vagas de Jair e Marquinhos.

Os lances de perigo diminuíram ao longo do segundo tempo, e o Atlético passou a “cozinhar” ainda mais o jogo. Aos 43 minutos, ainda deu tempo do jovem atacante Bruno Silva, de 19 anos, estrear pelo profissional do time alvinegro. O garoto, emprestado pela Chapecoense, substituiu Franco Di Santo. No fim, os visitantes quase levaram gol, mas garantiram triunfo em Uberlândia.

UBERLÂNDIA 0 X 1 ATLÉTICO

UBERLÂNDIA
Rafael; Joazi, Plínio, Rogério e Fábio Alves; Serginho (Clebinho, aos 23’ do 2ºT), Leandro Salino e Diogo Peixoto; Wandinho (Breno, aos 42’ do 2ºT), Dija Baiano e Felipe Alves (Thiago Amaral, aos 11’ do 2ºT)
Técnico: Felipe Surian

ATLÉTICO
Michael; Patric, Réver, Gabriel e Fábio Santos; Zé Welison, Jair (Ramón Martínez, aos 17’ do 2ºT) e Allan; Marquinhos (Maicon Bolt, aos 11’ do 2ºT), Hyoran e Di Santo (Bruno Silva, aos 43’ do 2ºT)
Técnico: Rafael Dudamel

Gol: Fábio Santos, aos 21’ do 1ºT
Cartões amarelos: Serginho, aos 37’ do 1ºT, Fábio Alves e Plínio, aos 32’, e Clebinho, aos 36’ do 2ºT (UEC); Jair, aos 35’ do 1ºT, e Gabriel, aos 13’ do 2ºT (ATL)

Motivo: 1ª rodada do Campeonato Mineiro
Local: Estádio Parque do Sabiá, em Uberlândia
Data e horário: terça-feira, 21 de janeiro de 2020, às 21h30

Árbitro: Felipe Fernandes de Lima (CBF)
Assistentes: Celso Luiz da Silva (CBF) e Pablo Almeida Costa (FMF)

Tags: galo atleticomg interiormg futnacional seriea