Internacional

GRÊMIO

Everton, do Grêmio, vê Gre-Nal 'ainda mais diferente' por ser pela Libertadores

Jogo será na Arena do Grêmio na quinta-feira

postado em 11/03/2020 18:47

(Foto: LUCAS UEBEL/GRÊMIO)
No Grêmio desde 2014, o atacante Everton já enfrentou o Internacional diversas vezes, em momentos distintos, mas admite que o Gre-Nal desta quinta-feira será especial. Os arquirrivais vão se enfrentar pela primeira vez na Copa Libertadores da América, principal competição do continente.

O jogo na Arena do Grêmio vale ainda o primeiro lugar do Grupo E, já que os dois times estrearam com vitória na semana passada. O time do técnico Renato Gaúcho derrotou o América de Cali, da Colômbia, por 2 a 0, como visitante, e o de Eduardo Coudet fez 3 a 0 diante da Universidad Católica, do Chile, no Beira-Rio.

"A gente sabe que Gre-Nal é diferente, e nos últimos anos, esse é o mais diferente por ser inédito. Podemos cravar ainda mais o nosso nome na história do Grêmio", afirmou Everton. "Pode encaminhar uma classificação ou complicar um pouco para nós, já que o América de Cali venceu e encostou.. Quem sair vitorioso, vai encaminhar bem (uma vaga nas oitavas de final)", completou.

O atacante elogiou o Inter. "O adversário está em uma crescente, mudou seu estilo de jogo. É uma equipe mais ofensiva", disse Everton, que, no entanto, destaca o fato de o Grêmio jogar em casa. "Em clássico, não existe favorito. Vamos buscar fazer valer o fator casa, porque aqui somos muito fortes", avisou.

Everton sabe da sua importância para o Grêmio nesta partida. Com o esquema tático que Renato pretende colocar em campo para enfrentar o Inter com três volantes, o atacante será o principal criador de jogadas do ataque.

"Eu sei da responsabilidade que eu carrego. A gente recebe muitas mensagem positivas e negativas. Procuro estar sempre tranquilo nesses momentos, porque assim tudo acontece naturalmente", afirmou o jogador, que comentou sobre o esquema tático. "Quando jogamos com um meia de qualidade, sabemos que vamos receber bolas açucaradas. Com os três volantes, reforçamos mais na marcação. Vamos ver o que o professor vai escolher", despistou.

Tags: futnacional gremiors internacionalrs libertadores2020