Palmeiras
1

COPA LIBERTADORES

Flamengo pode conquistar marca história na final contra o Palmeiras

Em sua segunda decisão de Libertadores em apenas três anos, o Rubro-Negro pode estipular a maior série invicta da história do torneio

(Foto: Flamengo/Alexandre Vidal)


Finalista da Libertadores 2021, o Flamengo pode estipular uma marca histórica neste sábado (27). Caso não tropece contra o Palmeiras, o Rubro-Negro chegará a 18 jogos sem perder na competição, estipulando a maior série invicta da história do torneio. Atualmente, o clube divide a liderança com o Sporting Cristal, do Peru.

Na atual temporada da Libertadores, o Flamengo tem 12 jogos, nove vitórias e três empates, sendo eles todos na fase de grupos. A invencibilidade, porém, se iniciou em 2020. Na ocasião, o Rubro-Negro foi eliminado nos pênaltis pelo Racing, nas oitavas de final, após empatar por 1 a 1 na Argentina e no Maracanã. A última derrota foi a goleada sofrida contra o Independiente Del Valle, em partida anterior ao surto de Covid-19 no elenco.

Além de igualar o Sporting Cristal, o Flamengo superou o Corinthians, que anteriormente era o brasileiro com a maior série invicta da Libertadores. O Alvinegro ficou 16 partidas sem perder entre 2012 e 2013. Já o maior recorde Rubro-Negro era de 13 jogos, conquistado nas edições de 1984 (quatro partidas) e 1991 (nove).

Confira as maiores invencibilidades da história da Libertadores:

17 jogos: Flamengo (2020-2021)
17 jogos: Sporting Cristal-PER (1962-1969)
16 jogos: Corinthians (2012-2013)
15 jogos: América de Cali (1980-1983)
14 jogos: River Plate (1977-1978 e 2018-2019)
14 jogos: Newell's Old Boys-ARG (1992)
14 jogos: Cruzeiro (1998-2004)

Campeão em 1981 e 2019, o Fla pode entrar na seleta lista de brasileiros tricampeões da Libertadores, que contém apenas Grêmio, Santos e São Paulo. A partida contra o Palmeiras acontece neste sábado, no Estádio Centenário, em Montevidéu, no Uruguai. A bola está marcada para rolar às 17h (de Brasília).



Com seus principais jogadores à disposição, o técnico Renato Gaúcho deve promover o retorno de Arrascaeta à equipe titular e mandar a campo o seguinte time: Diego Alves, Isla, Rodrigo Caio, David Luiz e Filipe Luís; Willian Arão, Andreas Pereira, Everton Ribeiro, Arrascaeta e Bruno Henrique; Gabigol.

Tags: palmeiras flamengo flamengorj palmeirassp seriea libertadores2021