1

SANTA CRUZ

Com retornos e precisando de reabilitação: como chega Paysandu para enfrentar Santa

Papão está a três pontos do G4 do Grupo A da Série C e trata jogo contra pernambucanos como fundamental para não descolar dos primeiros colocados

postado em 09/10/2020 15:20 / atualizado em 09/10/2020 15:23

(Foto: Divulgação/Paysandu)
Se para o Santa Cruz, o jogo deste domingo é mais um teste para a sequência na liderança da Série C, o Paysandu, rival coral, vê o jogo como fundamental para não se deixar afastar do G4. Indo apenas para o terceiro jogo sob o comando de Matheus Costa, que começou a Série B no Confiança, o Papão ainda busca ajustes e vê o confronto com o Santa como oportunidade para se reabilitar na campanha.

Vindo de derrota por 3 a 2 frente ao rival Remo, na nona rodada da Série C, o Paysandu não ganha há dois jogos e já se vê distanciando da zona de classificação à segunda fase. Com 11 pontos, o time paraense está em quinto, a três pontos do Ferroviário, quarto colocado. Essa distância, porém, já é a mesma que o time tem para a zona de rebaixamento, com Manaus (11), Treze, Jacuipense (10) e o vice-lanterna Botafogo/PB (8) já na sua cola.

Assim, o clima no Paysandu é de necessidade de retomada já neste jogo, como falou o volante Serginho, em entrevista coletiva. “Sabemos que vamos enfrentar o líder da competição em um jogo difícil, fora de casa. Mas, independentemente do adversário e da colocação que ele está, independente de estarmos fora dos nossos domínios, precisamos buscar a vitória. Temos que nos reabilitar na competição e buscar os três pontos para se aproximar do G4”.

Para buscar o resultado, o Paysandu pode ter até cinco reforços em relação ao time que jogou contra o Remo no último fim de semana. Além do zagueiro Micael e do volante Anderson Uchôa, titulares que voltam de suspensão, o time pode ter reforços vindos do departamento médico: o goleiro reserva Paulo Ricardo e os volantes Wellington Reis e Phillipe Guimarães.