UAI

2

Santos vence Atlético-GO pelo Brasileiro em primeiro jogo sem Bustos

Lucas Barbosa marca o gol da vitória do Peixe sobre Dragão, na Vila Belmiro, pela 16ª rodada da Série A

10/07/2022 20:23 / atualizado em 10/07/2022 21:06
compartilhe
Lucas Barbosa garantiu vitória do Santos na Vila
foto: Ivan Storti/Santos

Lucas Barbosa garantiu vitória do Santos na Vila

O Santos venceu o Atlético-GO por 1 a 0 na noite deste domingo, pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Peixe, em seu primeiro jogo sem o técnico Fabián Bustos, voltou a triunfar depois de seis partidas. Marcelo Fernandes comandou o time interinamente na Vila Belmiro.



O gol do Santos foi anotado pelo jovem Lucas Barbosa, que havia entrado na segunda etapa. Essa foi a primeira vitória do Peixe na Vila Belmiro desde o dia 18 de maio, quando bateu o Union La Calera-CHI por 1 a 0 pela Copa Sul-Americana. Curiosamente, Barbosa foi o autor dos gols dos dois triunfos.

Com o resultado, o Peixe saltou para a oitava colocação do Campeonato Brasileiro, com 22 pontos. O Atlético-GO, por sua vez, foi para a 18ª posição, com 17.

O jogo - O primeiro tempo foi marcado pelo equilíbrio. Ambas as equipes tiveram chances de ir para o intervalo em vantagem.

O Atlético-GO começou melhor, com uma finalização perigosa de Hayner logo aos seis minutos. Depois, aos 11, Baralhas chutou para defesa sem grandes problemas de João Paulo.

O Santos, então, respondeu. Aos 15 minutos, Marcos Leonardo recebeu cruzamento na medida de Rodrigo Fernández e, sozinho, cabeceou para fora.

Em seguida, Léo Baptistão finalizou cruzamento de Madson, mas parou no goleiro Ronaldo. O atacante ainda teria outra chance em finalização por cima da meta do Dragão.

O jogo passou por um período morno, mas esquentou na reta final da primeira etapa. Aos 42 minutos, Lucas Braga fez fila pela direita, cruzou, mas a defesa do Dragão afastou o perigo.

O Atlético-GO respondeu em contragolpe, com finalização de Jorginho que parou em Eduardo Bauermann. A equipe do técnico Jorginho ainda teria boas chegadas em chute de Airton para defesa de João Paulo e tentativa de Baralhas que parou em Vinicius Zanocelo.

A segunda etapa começou preocupante para o Santos, que pouco assustou e viu o Atlético-GO se impor. Logo aos quatro minutos, Airton recebeu cruzamento rasteiro de Hayner e finalizou perto da meta de João Paulo.

Aos 13, o meia Jorginho recebeu cruzamento na medida, e sozinho, tirou muito do gol do Peixe. O Santos foi dar uma resposta tímida aos 23, com finalização de longe de Bruno Oliveira que passou por cima da meta de Ronaldo. Em seguida, Bauermann conseguiu cabeçada perigosa em lance de bola parada. 

O jogo estava morno até Lucas Barbosa, em lance de bola parada, abrir o placar para o Santos aos 31 minutos. Em cobrança de escanteio, Maicon finalizou em cima da defesa do Atlético-GO, mas a bola sobrou para Lucas Barbosa chutar sem grandes problemas na pequena área.

Aos 36, o Atlético-GO conseguiu boa investida com Jefferson, que disparou uma bomba para defesa de João Paulo. Um minuto depois, Churin cabeceou com perigo, do lado da meta santista.

Na reta final de partida, o Atlético-GO ainda tentou assustar com o garoto Lucas Lima, mas sem sucesso. Bruno Oliveira ainda quase ampliou para o Santos em chute colocado nos minutos finais. O alívio tomou conta da Vila Belmiro após o apito final de Braulio da Silva Machado.

SANTOS 1 X 0 ATLÉTICO-GO

SANTOS: João Paulo, Madson, Maicon, Bauermann, Felipe Jonatan, Rodrigo Fernández (Vinicius Balieiro), Zanocelo (Camacho), Sánchez (Bruno Oliveira), Léo Baptistão (Lucas Barbosa), Lucas Braga e Marcos Leonardo. Técnico: Marcelo Fernandes

ATLÉTICO-GO: Ronaldo; Hayner, Wanderson, Ramon e Jefferson (Arthur Henrique); Baralhas (Rickson), Edson (Lucas Lima) e Jorginho (Léo Pereira); Shaylon (Luiz fernando), Churin e Airton. Técnico: Jorginho

GOL: Lucas Barbosa (31 minutos do 2T)

Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)
Data: 10 de julho de 2022, domingo

Árbitro: Braulio da Silva Machado (FIFA/SC)
Assistentes: Alex dos Santos (SC) e Éder Alexandre (SC)
VAR: Heber Roberto Lopes (SC)

 
Cartões amarelos: Vinicius Zanocelo, Carlos Sánchez, Rodrigo Fernandez, Camacho, Lucas Barbosa, Marcelo Fernandes (Santos); Shaylon, Luiz Fernando, Ronaldo, Hayner (Atlético-GO)

Publico: 8.588 torcedores
Renda: R$ 284.207,50






Compartilhe