São Paulo

CAMPEONATO BRASILEIRO

São Paulo visita Chapecoense no Sul para se manter no G4 do Campeonato Brasileiro

Equipe catarinense luta para se manter na Primeira Divisão

postado em 02/11/2019 10:33 / atualizado em 02/11/2019 10:34

<i>(Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net)</i>
Depois de uma atuação para ser esquecida no clássico com o Palmeiras, o São Paulo volta a campo para enfrentar a Chapecoense na tentativa de se manter no G4 do Campeonato Brasileiro. As equipes se enfrentam neste sábado, às 21 horas, na Arena Condá, em Chapecó, pela 30.ª rodada.

"O São Paulo tem que se concentrar na vaga para a Libertadores. Se vai classificar em quarto ou terceiro... Mas de maneira direta, esse é o objetivo claro. Todo mundo sabe que não tem jogo fácil no Brasileirão. Todo mundo está lutando por alguma coisa. Tem que se concentrar na Chapecoense para fazer uma boa partida", disse o técnico Fernando Diniz.

Em baixa, Alexandre Pato pode dar lugar a Raniel na equipe titular. O treinador não confirmou a escalação, mas mandou um recado para o atacante. "As orientações para o Pato não são para ficar fixo na área, como um nove tradicional, como o Deyverson no Palmeiras. Eu não acredito que o rendimento de um jogador seja apenas pelo posicionamento dele em campo. Tem que se esforçar nos treinamentos para poder melhorar."

No meio-campo, Liziero não foi relacionado por desgaste muscular e continua fora - ele desfalcou o time na derrota por 3 a 0 para o Palmeiras. A tendência é que Daniel Alves continue na lateral direita. Mas existe a possibilidade de Juanfran entrar na posição e Daniel ir para o meio. Com isso, Igor Gomes deixaria a equipe.

"A gente vai colocar o melhor time. Não vai indicar um jogador ou outro. Vai ver a melhor situação. Os que eu achar que vão render mais são os jogadores que vão iniciar a partida", despistou Diniz. O treino tático desta sexta-feira foi fechado para os jornalistas. A tendência é que o meio-campo siga com Luan, Tchê Tchê e Igor Gomes.

Entusiasmada com a vitória por 2 a 0 sobre o Atlético, na Independência, a Chapecoense vai para mais uma "final" no Campeonato Brasileiro. Precisando vencer praticamente todos os jogos para permanecer na Primeira Divisão, o time catarinense enfrenta o São Paulo neste sábado, às 21 horas, na Arena Condá. Para o duelo, o técnico Marquinhos Santos não poderá contar com o zagueiro Maurício Ramos e o atacante Henrique Almeida.

Maurício Ramos sofreu um estiramento na parte superior da coxa e dará lugar a Rafael Pereira. Já o atacante Henrique Almeida, um dos destaques contra o Atlético, levou o terceiro cartão amarelo está suspenso. Arthur Gomes é o favorito para vaga, mas Régis corre por fora.

"Os atletas entenderam nossa proposta de jogo. Estão empenhados. Temos que corrigir ainda alguns detalhes, mas a equipe está evoluindo. Quem jogar, vai se doar ao máximo. Estamos todos juntos nessa e vamos fazer o possível para conquistar nosso objetivo", disse Marquinhos Santos, que analisou a situação da Chapecoense no torneio.

"Precisamos ter os pés no chão e ir jogo por jogo. Sabemos que é muito difícil. A situação ainda é muito delicada, mas vamos lutar até o final. É a hora de chamar o torcedor ao estádio. Juntos, somos mais fortes e vamos conseguir tirar a Chapecoense da zona de rebaixamento. Com a força da Arena Condá, podemos fazer um grande jogo contra o São Paulo", acrescentou o treinador.

Há três jogos sem perder, a Chapecoense ocupa ainda a penúltima colocação, com 21 pontos, 11 do Cruzeiro, o primeiro time fora da zona de rebaixamento.

Tags: futebol Brasileirão São Paulo FC saopaulosp seriea nacional chapecoensesc