UAI

2

Vasco derrota o Brusque em casa e assume a vice-liderança da Série B

Time carioca vence em São Januário com dois gols do veterano Nenê e alcança o segundo lugar na classificação. Catarinenses estão em 10º

26/05/2022 21:38
compartilhe
Nenê mais uma vez foi protagonista do Vasco e marcou os dos gols
foto: Rafael Ribeiro/Vasco

Nenê mais uma vez foi protagonista do Vasco e marcou os dos gols


O Vasco fez o dever de casa e venceu por 2 a 0 o Brusque, nesta quinta-feira, em São Januário. Com o resultado, os cruzmaltinos chegaram a 17 pontos e assumiram a vice-liderança da Série B. Já o catarinenses seguem com dez, em décimo na tabela.



O jogo foi equilibrado no primeiro tempo, mas o Vasco foi mais competente e abriu o placar, com Nenê. Na etapa final, Nenê marcou novamente.

Na próxima rodada, o Vasco recebe o Grêmio, na próxima quinta-feira, em São Januário. Já o Brusque só volta a atuar no sábado da semana que vem, contra o Náutico, no Augusto Bauer.

O JOGO


O Brusque começou a partida surpreendendo o Vasco. Logo com um minuto, Júnior Todinho aproveitou cruzamento e cabeceou para grande defesa de Thiago Rodrigues. Os donos da casa responderam com Raniel. O atacante também cabeceou, mas pela linha de fundo.

Depois do começo movimentado, o Vasco melhorou a marcação e passou a ter mais posse de bola. No entanto, os cariocas não criavam boa chances. O Brusque conseguiu chegar com perigo aos 32 minutos. Thiago Rodrigues impediu cruzamento, mas espalmou no pé de Alex Sandro. Contudo, o atacante mandou longe do gol.

O Brusque passou a ser melhor após o lance. No entanto, quando o Vasco acertou um avanço rápido chegou ao gol aos 40 minutos. Nenê recebeu passe de Raniel na área e tocou quase sem ângulo, na saída de Jordan. Com isso, os cruzmaltinos foram para o intervalo a frente no placar em São Januário.

No segundo tempo, o Vasco teve a chance de ampliar com menos de um minuto. Nenê recebeu passe na área, mas desta vez chutou cruzado pela linha de fundo. A partir dai, o Brusque passou a dominar o jogo e pressionar os cariocas.

Só que os donos da casa passaram a aproveitar os espaços para avançar nos contra-ataques. Primeiro, Gabriel Pec recebeu na área e chutou para boa defesa de Jordan. No entanto, aos 16 minutos, o Vasco chegou ao gol. Getúlio foi lançado e tocou para Nenê mandar para a rede. O assistentes chegou a marcar impedimento, mas o VAR confirmou o lance.

O novo revés foi sentido pelo Brusque, que não teve força para reagir na partida. Tanto que o Vasco passou a dominar totalmente o jogo.

Os cruzmaltinos chegaram a desperdiçar algumas chances de ampliar o placar. O Brusque só voltou a assustar nos minutos finais, mas Jailson finalizou mal. Assim, o Vasco não teve problema em confirmar mais uma vitória em São Januário.

VASCO 2 x 0 BRUSQUE


VASCO
Thiago Rodrigues, Weverton, Quintero, Anderson Conceição e Edimar; Yuri Lara (Zé Gabriel), Andrey dos Santos (Matheus Barbosa) e Nenê; Palacios (Figueiredo), Gabriel Pec, Raniel (Getúlio) (Jhon Sanchez)
Técnico: Zé Ricardo

BRUSQUE
Jordan; Pará (Jailson), Bruno Aguiar, Wallace Reis e Airton (Kaio Nunes); Rodolfo Potiguar, Zé Mateus (Luiz Antônio) e Toty; Júnior Todinho (Álvaro), Alex Ruan e Alex Sandro
Técnico: Luan Carlos

Local: Estádio de São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)

Data: 26 de maio de 2022 (quinta-feira)

Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN)

Assistentes: Jean Márcio dos Santos (RN) e Lorival Candido das Flores (RN)

VAR: Daniel Nobre Bins (RS)

Renda: R$ 594.938,00

%u200B%u200B%u200B%u200B%u200B%u200B%u200BPúblico: 18.242 pagantes

Cartões amarelos: Nenê (Vasco); Pará, Wallace Reis, Airton e Toty (Brusque)

GOLS: Nenê, aos 40min do 1ºT; Nenê, aos 16min do 2ºT

Compartilhe