Seleção

SPORT

No Sport, Raul Prata aprova projeção da CBF e vê período adequado de preparação para jogos

Lateral direito crê em situação melhor no Brasil em relação à Covid-19

postado em 26/06/2020 20:20 / atualizado em 26/06/2020 20:48

(Foto: Anderson Stevens/ Sport Recife )
Na última quinta-feira, após reunião por videoconferência da Comissão Nacional dos Clubes (CNC) com a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), foi definida a projeção para o início da Série A no dia 9 de agosto. E no Sport, o prognóstico da entidade nacional foi aprovado pelo lateral direito Raul Prata. O jogador acredita que o período é adequado de preparação, levando em conta tanto os treinamentos quanto a curva da pandemia do coronavírus, conforme explica.

"É uma data boa essa que os clubes e CBF escolheram. É um tempo em que o vírus está baixando na maioria ou em quase todo o país. E também é um tempo bom para que os times possam voltar a treinar e ganhem uma preparação adequada para um campeonato longo como é o Brasileiro”, disse Prata.

O defensor também avaliou o panorama do Campeonato Pernambucano e Copa do Nordeste, competições que ainda não têm para serem retomadas, mas cuja tendência é que sejam disputadas antes da Série A. Segundo ele, ambos torneios podem ajudar no condicionamento físico. 

“Se tiver a volta dos estaduais também vai nos ajudar com ritmo de jogo. Mesmo que se estenda até fevereiro, creio que não vai ter nenhum problema para os clubes ou para os jogadores, todo mundo quer que volte e é uma boa data para isso”, disse. “Vai dar tempo de todas as equipes se prepararem bem e acho que todos ficaram felizes com essa notícia. Espero que volte. Estão todos ansiosos para que volte logo”.

Conforme comunicado pela CBF, há chances de alguns estaduais serem disputados paralelamente ao Campeonato Brasileiro, dependendo do estado sanitário de cada região, assim como a Série A ir até fevereiro de 2021. Por fim, ainda conforme variáveis da pandemia em cada local, os clubes mandantes podem realizar as partidas em outras cidades. Presidente do Sport, Milton Bivar concordou com as resoluções da reunião virtual.