Seleção

ELIMINATÓRIAS

Com hat-trick de Neymar, Brasil vira contra o Peru e segue 100% nas Eliminatórias

Seleção brasileira foi buscar o placar após sair perdendo a partida em Lima

postado em 13/10/2020 23:52 / atualizado em 14/10/2020 00:30

(Foto: Lucas Figueiredo/CBF)
Mesmo tendo vencido por 4 a 2, a Seleção Brasileira encontrou dificuldades no duelo desta noite diante do Peru. Com uma forte marcação, o Peru dificultou os pontos fortes do Brasil. Com isso, a Canarinho não conseguiu repetir a boa atuação da última sexta-feira, diante da Bolívia. A vitória também foi especial para o camisa 10 brasileiro. Neymar balançou as redes três vezes e ultrapassou Ronaldo Fenômeno e tornou-se o segundo maior artilheiro da seleção.

 

Com a vitória, o Brasil segue com 100% de aproveitamento nas Eliminatórias e agora volta as atenções para enfrentar a Venezuela no estádio do Morumbi. Já os peruanos irão até o Chile pegar os donos da casa. As partidas estão marcadas para 14 de novembro.

O jogo

O Brasil começou a partida tendo dificuldades nas trocas de passes. A seleção do Peru marcou forte a saída de bola com suas linhas altas, e logo aos 5 minutos, Carrillo pega a sobra de primeira e, da entrada da área, acertou um chutaço no canto de Weverton, que nada pôde fazer. Com o gol tomado, o Brasil se lançou ao ataque de forma desesperada, e por pouco, não tomou o segundo gol, num contra-ataque puxado por Fafán, que tocou para Carrillo chutar pra fora. Aos 12 minutos, em sua melhor chance, Firmino, na cara de Gallese, desperdiçou uma grande chance para o Brasil. 

Mas a seleção seguiu tentando, e sempre com ele, Neymar. Aos 25,  o árbitro deu pênalti para o Brasil, O próprio Neymar bateu e empatou a partida. Após o gol o Brasil foi o dono da bola e novamente passou a ter mais de 70% de posse de bola. O jogo ficou com poucos lances de perigo. Só aos 40, Roberto Firmino recebeu bom cruzamento de Renan Lodi e cabeceou para fora. O Peru respondeu novamente aos 42, com Carrillo, jogador mais lúcido dos peruanos.

Segundo tempo 

O segundo tempo voltou com tudo e o Brasil novamente se lançou ao ataque. Com apenas cinco minutos já dava pra ver que a etapa complementar iria ser de muitas emoções. E foi. Aos 13 minutos, em bate rebate na defesa brasileira, Tapia chutou de fora da área e desempatou o jogo para os peruanos. A bola ainda desviou em Rodrigo Caio e traiu Weverton.  

Mas não demorou para o empate acontecer. Aos 19, Neymar cobrou escanteio e Richarlison empurrou para as redes aproveitando cabeçada de Firmimo. Daí por diante o Brasil foi o dono das principais ações. Aos 34, novamente pênalti para o Brasil. Neymar foi derrubado por Zambrano. O camisa 10 bateu e ampliou para o Brasil. E aos 48 novamente Neymar marcou para o Brasil, dando números finais à partida: 4 a 2. 

Ficha do jogo 

Peru 2
Gallese; Advíncula, Zambrano, Abram e Trauco; Tapia (Cueva), Aquino, Yotun e Carilllo; Jefferson Farfán (Araújo) e Gonzáles (Polo). Técnico: Ricardo Gareca

Brasil 4
Weverton; Danilo, Marquinhos (Rodrigo Caio), Thiago Silva e Renan Lodi (Alex Telles); Casemiro, Douglas Luiz e Philippe Coutinho (Everton Ribeiro): Richarlison, Roberto Firmino (Everton Cebolinha) e Neymar. Técnico: Tite

Local: Estádio Nacional, em Lima 
Árbitro: Júlio Bascuñan (Chile)
Assistentes: José Retamal e Raul Orellana (Chile)
Gols: Carrillo e Tapia (PER), Neymar (3x) e Richarlison (BRA)
Cartões amarelos: Tapia, Gonzáles ( PER)
Cartões vermelhos: Zambrano (PER)