ATLÉTICO

Em 2013, Tardelli foi recebido por mais de 700 torcedores do Atlético em Confins; relembre

De volta ao clube, jogador chega a Minas Gerais neste sábado, sete anos depois

postado em 15/02/2020 06:00

(Foto: Euller Junior/Arquivo EM)
Em 5 de fevereiro de 2013, Diego Tardelli era recepcionado por mais de 700 torcedores do Atlético no Aeroporto Internacional de Confins, na Região Metropolitana de Belo Horizonte (veja fotos na galeria abaixo). E a festa alvinegra deve se repetir neste sábado, 15 de fevereiro de 2020, pouco mais de sete anos depois.


O atacante é aguardado no Edifício de Apoio (Antigo Terminal 3) do Aeroporto de Confins, a partir das 10h. Torcedores do Atlético se organizam para receber o ídolo, que inicia a terceira passagem pelo clube alvinegro. Foram 110 gols em 219 jogos e cinco títulos conquistados: duas vezes o Campeonato Mineiro (2010 e 2013), a Copa Libertadores (2013), a Recopa Sul-Americana (2014) e a Copa do Brasil (2014).

Como foi em 2013?


No primeiro retorno, o atacante já era muito querido pelos torcedores. A passagem inicial pelo Atlético teve 114 jogos e 73 gols. Foi nesse período que conquistou o Mineiro de 2010 e alcançou importantes feitos individuais, como a artilharia do Campeonato Brasileiro de 2009 (19 gols).

Marcou 42 gols naquele ano, maior número entre todos os jogadores do futebol nacional. Em 2010, não repetiu o mesmo rendimento, mas manteve forte identificação com o torcedor. Marcou 25 gols. Já em 2011, fez seis gols antes de deixar o clube vendido ao Anzhi, da Rússia.

Para tirá-lo do Al-Gharafa, do Catar, o Atlético fez uma proposta de 5,25 milhões de euros e quatro anos de contrato. Após longa ‘novela’, a negociação teve final feliz. Dias depois, centenas de torcedores receberam o atacante em Confins. O cântico mais entoado foi: “Tar-de-lli, gol, gol”.

Tardelli foi carregado nos braços dos torcedores, que lotaram o aeroporto. O jogador só foi colocado no chão ao chegar ao carro, que o levaria até a Cidade do Galo. Na ocasião, o atacante se mostrou emocionado e agradeceu o carinho da torcida alvinegra.

“É emocionante. Sonhei com este momento. Nesses dois anos, eu não perdi o contato com a torcida. Quero aproveitar essa volta ao Atlético. São quatro anos de contrato, estou muito feliz. Temos um elenco muito forte, mas não pode ficar só no papel”, disse Tardelli.

E não ficou só no papel. Na segunda passagem pelo Atlético, o atacante conquistou outros quatro títulos - quase todos como protagonista - e se colocou de vez na história do clube.

Tags: galo tardelli atleticomg interiormg futnacional seriea