SANTA CRUZ

Executivo Luciano Sorriso traça perfil do novo treinador do Santa: 'Conhecer a Série C'

Para dirigente, não é hora de "apostas" para o sucessor de Leston Júnior

postado em 19/05/2019 17:26

<i>(Foto: Peu Ricardo/DP)</i>
Após a decisão de demitir o técnico Leston Júnior, anunciada na madrugada deste domingo, a diretoria do Santa Cruz corre agora para acertar o quanto antes o nome do substituto. Neste domingo, a cúpula coral se reuniu para definir os nomes de preferência. Porém, o perfil já está traçado. Em entrevista ao repórter Allan Pereira, da Rádio Transamérica, o executivo de futebol Luciano Sorriso adiantou que o clube procura um treinador experiente e que já tenha disputado a Série C.

Segundo o dirigente, o momento não é de apostas. "É um perfil que tem que conhecer a divisão e com uma certa experiência. Até porque o momento não é para apostas. Temos que fazer com que o time tenha uma resposta rápida até porque a competição é curta. Estamos vendo, analisando e buscando o máximo de informações possíveis para que a gente tenha uma escolha correta", destacou.

"É óbvio que a gente tem uma certa pressa. Até porque temos uma semana inteira de trabalho (até o jogo contra o ABC, no próximo sábado, no Arruda, pela 5ª rodada). Esperamos anunciar o nome o quanto antes. Mas sem determinar um dia, nem criar qualquer tipo de expectativa", completou.

O executivo coral também aproveitou para fazer uma cobrança ao elenco do Santa Cruz. Para Sorriso, o empate cedido ao Sampaio Corrêa, após o time ficar três vezes a frente do placar, não poderia ocorrer.

"O treinador tem que vir e fazer com que os jogadores comprem a ideia e tenha uma mudança de postura o quanto antes. A resposta também está precisando vir dos atletas também. É óbvio que todos precisam assumir responsabilidades. Sair três vezes a frente do placar e o terceiro momento em que tivemos isso, com 40 minutos de jogo (no segundo tempo) era o momento em que acabou o jogo. Tínhamos que controlar a partida, temos um time experiente para isso", reclamou.

"Temos que fazer com que esse técnico venha e consiga extrair o máximo deles e a mudança de postura de imediato", finalizou Luciano Sorrido.