SANTA CRUZ

No Santa Cruz, funcionários trabalham para melhorar as condições do gramado do Arruda

Meta do clube é deixar o campo de jogo em condições para o clássico; treino físico desta manhã foi realizado na parte de trás de uma das barras

postado em 12/06/2019 10:40 / atualizado em 13/06/2019 12:56

<i>(Foto: Geraldo Rodrigues/Esp. DP)</i>
Em situação crítica, o Santa Cruz corre contra o tempo para melhorar as condições do gramado do Arruda. Na manhã desta quarta-feira, profissionais trabalharam em quatro áreas do campo para tapar buracos com a intenção de deixar o piso apto para o clássico contra o Náutico, dia 22, no estádio. O presidente Constantino Júnior havia dito não ter intenção de levar o jogo para a Arena de Pernambuco.

 No treinamento desta quarta-feira, o que se viu foram os atletas corais fazendo as atividades físicas na parte de trás das barras, atitude tomada de modo a preservar o gramado. Antes, os jogadores realizaram trabalhos na academia do clube.

Tendo treinado a semana passada inteira no CT no Ninho das Cobras, o gramado do Arruda chamou atenção negativamente no jogo do último, contra o Confiança. Após a partida, o técnico Milton Mendes criticou o estado do piso. A justificativa dada pelo mandatário Coral foi que uma praga havia infestado o campo de jogo.


Questionado sobre a possibilidade de mandar jogos em outro campo por conta do gramado, Pipico elogiou a imposição que a equipe tem no estádio, mas deixou nas mãos dos dirigentes. 

"O Arruda é a nossa casa, o nosso caldeirão, a gente sabe da nossa força aqui dentro, com o nosso torcedor. Mas isso eu deixo para a diretoria para eles resolverem. Nós jogadores quando entramos em campo, independente de estar bom ou ruim, buscamos fazer o melhor para buscar a vitória", concluiu o artilheiro. 
<i>(Foto: Geraldo Rodrigues/Esp. DP)</i>