SPORT

Guto vê Série B 'diferente', mas destaca Sport sempre na parte de cima da classificação

Treinador rubro-negro lembrou que, mesmo não vencendo alguns jogos, o clube sempre esteve muito perto dos quatro primeiros

postado em 25/08/2019 15:48 / atualizado em 25/08/2019 16:20

<i>(Foto: Anderson Stevens/Sport)</i>
O Sport voltou de Campinas com um empate na bagagem. Aliás, o 2 a 2 com a Ponte Preta foi o nona vez em que o time pernambucano terminou a partida em igualdade dentro da atual Série B. Só perde neste quesito para o Oeste, que tem 10, e está empatado com o Figueirense. Justamente esse alto número de igualdade nos jogos fez o técnico Guto Ferreira avaliar como uma Série B ‘totalmente diferente” em relação aos últimos anos. Para ele, a competição está mais equilibrada.

“O objetivo nosso é subir, e à medida que a gente tem a garantia do acesso, é brigar pelo título. Um clube do porte do Sport não pode pensar diferente. Agora, é um campeonato esse ano totalmente diferente. É um campeonato com muito equilíbrio, com jogo decidido em detalhes, muito empate, e quem consegue cravar três pontos vai subindo”, avaliou.

E de fato o Leão manteve-se na parte superior da tabela. Tirando o começo, com três empate seguidos, o clube beliscou sempre as primeiras colocações. Como foi lembrado por Guto. “O bom é que desde o início o Sport sempre tá correndo lá em cima. Ele cai um pouquinho, mas quando ele cai a diferença em relação ao G4 é sempre mínima e já na segunda rodada que a gente permanece no G4 a gente  espera conseguir na próxima vencer, para permanecer novamente e começar abrir. Embora eu sempre digo que o que define quem realmente vai subir são as últimas dez rodadas”. 

O empate sofrido em Campinas veio depois do Leão estar na frente do placar e com um jogador a mais. Segundo o treinador, os jogadores mostraram indignação por ter segurado a vitória, que deixaria o time na terceira colocação. 
 
“Isso aí mostra indignação. Indignação mostra o caráter do grupo. Porque, nos três últimos jogos foi um time que teve um comportamento extremamente positivo em termos de atitude. E foi um momento. Futebol é assim, num piscar de olhos a coisa pode acontecer. E às vezes vocês acha que a falha é sua, mas é a competência do cara. O Alex Maranhão é um especialista. Eu já joguei bastante contra ele, e o forte dele é justamente isso aí. E aconteceu dele colocar a bola muito bem colocada e infelizmente aconteceu. Aí depois a gente vai analisar onde nós erramos, onde a gente poderia ter acertado. Agora, não pode tirar o mérito dele". finalizou.