SÉRIE C

Para seguir com os 100% de aproveitamento de Dal Pozzo, Náutico visita o Confiança

Em terceiro lugar no Grupo A, Timbu quer se aproximar da liderança

postado em 25/05/2019 08:00 / atualizado em 24/05/2019 21:21

<i>(Foto: Léo Lemos/Náutico)</i>
Parece que o Náutico conseguiu, finalmente, um ar de fôlego depois dos resultados ruins dos últimos jogos. Sob o comando de Márcio Goiano, depois que foi eliminado do Campeonato Pernambucano, na final contra o Sport, o Timbu deixou para trás a sequência que tinha de 18 jogos invictos e engatou uma outra sequência: desta vez, de derrotas. Foram três nos quatro jogos disputados. Foi o fim do ciclo do treinador. 

Agora, com Gilmar Dal Pozzo à frente da equipe, o momento é de recomeço e, pelo que mostrou, chegou a hora de “recuperar a direção”. Com o novo técnico, em dois jogos disputados, o time teve 100% de aproveitamento e ainda não sofreu gols. Visando confirmar mais uma vitória e manter o adversário distante das redes, o Timbu visita o Confiança, neste sábado, às 17h15 na Arena Batistão. 

Na partida, reencontros. O técnico do Dragão, Daniel Paulista, é ex-volante do Náutico. E não apenas isso. Quando jogou no clube, em 2007, foi o capitão da equipe alvirrubra na grande campanha de recuperação e manutenção no time na Série A. Um outro reencontro esperado é do atacante Wallace Pernambucano com a torcida do Confiança. Atuando como meia, ele vestiu a camisa do clube sergipano durante quatro temporadas (2012, 2014, 2015 e 2016).

E por falar em Wallace, o jogador pode quebrar um recorde pessoal. Se fizer valer a “Lei do Ex”, ainda neste sábado ele pode atingir o seu maior número de gols em uma temporada. No momento, ele já está igualado com a marca que obteve do ano passado, também no Timbu: 11 gols. Além da conquista, o centroavante alvirrubro também terá a chance de romper com o jejum que vive por estar a quatro jogos sem balançar as redes.

Como chega o Náutico

Satisfeito com o futebol apresentado para a sua equipe, Dal Pozzo não pretende fazer grandes mudanças. “Há uma tendência muito grande de que ocorra uma continuidade. Não tenho motivo para fazer trocas neste momento, tanto por conta do desempenho quanto por conta dos resultados. As duas vitórias foram satisfatórias em termos de produtividade e desempenho e os resultados nos ajudaram”, declarou o técnico na última coletiva de imprensa que concedeu. 

“A ideia é que estes mesmos jogadores, que começaram a partida contra o Treze-PB iniciem o próximo jogo, mas com um posicionamento um pouco diferente nas ações ofensivas, para que possamos surpreender o adversário e defensivamente também, fazendo alguns ajustes, que estamos trabalhamos ao longo da semana”, completou. No momento, o Náutico soma seis pontos, é o 3º colocado do Grupo A e, caso vença o time sergipano, pode chegar à vice-liderança.

Como chega o Confiança

Se a fase do Timbu é de 100% de aproveitamento nos últimos dois jogos, a do Confiança é de inconstância. Nestes primeiros quatro jogos na Série C, o Dragão acumula duas derrotas, um empate e apenas uma vitória. Na tabela, é o 7º colocado do Grupo A, mas caso vença a equipe alvirrubra, pode entrar no G4.

Ficha do jogo

Confiança
Jean; Thiago Gomes, Vinicius Simon, Anderson e Radar; Amaral, Everton, Rafael Villa e Italo; Tito e Ari Moura. Técnico: Daniel Paulista

Náutico
Bruno; André Krobel, Camutanga, Suéliton e Josa; Jiménez, Luiz Henrique e Matheus Carvalho; Odilávio, Thiago e Wallace Pernambucano. Técnico: Gilmar Dal Pozzo

Local: Arena Batistão
Horário: 17h15
Árbitro: Jonathan Antero Silva (RO)
Assistentes: Fabio Pereira (TO) e Adenilson de Souza Barros (RO)