BRASILEIRÃO

Flamengo supera CSA no Mané Garrincha e assume a terceira posição

Embalado pela torcida rubro-negra nas arquibancadas do estádio de Brasília, time do Rio deslancha no segundo tempo, faz 2 x 0 e encurta a distância para os líderes

postado em 12/06/2019 23:32 / atualizado em 13/06/2019 00:32

 
O Dia dos Namorados marcou a última vitória do Flamengo antes da pausa para a Copa América. No Estádio Mané Garrincha, apesar das ausências no elenco, a equipe carioca venceu o CSA por 2 x 0, nesta quarta-feira (12/6), pela nona rodada do Campeonato Brasileiro. Apesar do mando de campo ser do time alagoano, os torcedores rubros-negros dominaram as arquibancadas de Brasília com direito a mosaico. 

Na primeira partida do Flamengo na capital do país neste ano, o técnico interino Marcelo Sales lidou com seis ausências na equipe. O volante Cuellar, pela Colômbia, o meia Arrascaeta, pelo Uruguai, e o reserva Trauco, pelo Peru, estão com as respectivas seleções para a disputa da Copa América e não estiveram à disposição. Além disso, o goleiro Diego Alves, o zagueiro Léo Duarte e o meia Diego Ribas estão lesionados e também ficaram fora do duelo.

O jogo foi equilibrado nos primeiros 15 minutos. Mandante da partida, o CSA pressionou com o lateral-direito Celsinho. Depois, o Flamengo tomou o controle da partida com jogadas no lado direito do ataque, com Arão e Rodinei. Com o CSA muito fechado, a equipe carioca teve dificuldades para encontrar espaços na primeira etapa. Jordi fechou o gol no chute de fora da área de Everton Ribeiro e no rebote de Vitinho.
 
Aos 33 minutos, o VAR foi utilizado no Mané Garrincha. Após Apodi chutar a bola no braço de Willian Arão, o juiz Douglas Marques fez a revisão do lance. Depois de cinco minutos e 31 segundos de análise, o árbitro não viu penalidade.
 
<i>(Foto: Reprodução do Twitter)</i>
 
Na volta do intervalo, o Flamengo prometeu ser diferente desde o primeiro minuto. Gabiel, livre na frente, isolou. O destaque da partida estava no lado alagoano. Jordi fazia grandes defesas, mas diante da pressão do rubro-negro, o goleiro do azulão sucumbiu ao cruzamento de Everton Ribeiro e à cabeçada de Vitinho direto para o gol. Aos 31, Jordi defendeu chute forte de Arão, mas, no rebote, Gabriel ampliou para o time do Rio. 

Com vitória por 2 x 0, o Flamengo pulou duas colocações e assumiu o terceiro lugar da tabela, com 17 pontos. O CSA se manteve na vice-lanterna do Campeonato Brasileiro. Com a pausa para a Copa América, a equipe carioca volta a treinar apenas no dia 20 de junho.
 
*Estagiária sob a supervisão de Fernando Brito 

FICHA TÉCNICA


CSA 0 x 2 FLAMENGO

Local: Estádio Mané Garrincha

Árbitro: Douglas Marques das Flores (SP)

Cartões amarelos: Didira, Jonatan Gomez, Leandro Souza(CSA); Gabigol(Fla)

Gols: Vitinho, aos 20, e Gabigol, aos 31 minutos do segundo tempo
 
CSA
Celsinho, Gerson, Leandro Souza e Carlinhos; Apodi(Maranhão), Nilton(Patrick), Didira e Jonatan Gómez; Victor Paraíba(Gerson Júnior) e Cassiano
Técnico: Marcelo Cabo

FLAMENGO
César, Rodinei (João Lucas), Thuler, Rodrigo Caio e Renê; Piris da Motta, Willian Arão, Vitinho e Everton Ribeiro; Bruno Henrique (Lincoln) e Gabigol (Berrio)
Técnico: Marcelo Salles

Público: 37.673 pessoas
 
Renda: R$ 2.949.665,00